Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Bancos propõem compra do controle da Empiricus e da Vitreo

Felipe Miranda precisa agora decidir se entrega o comando da empresa

Por Machado da Costa Atualizado em 3 mar 2021, 19h40 - Publicado em 3 mar 2021, 15h51

O grupo que comanda a casa de research Empiricus e a corretora Vitreo está no meio de um processo de captação de recursos e se deparou com um dilema. Dois bancos apareceram com duas propostas — cada um com a sua — para comprar, não só uma participação na companhia, mas também o controle. Outras propostas, menos ousadas, também estão na mesa, como a de um grupo de investidores de venture capital por um pedaço relevante, mas sem o controle. Atualmente, os fundadores, Caio Mesquita, Felipe Miranda e Rodolfo Amstalden, detêm o controle da empresa, após terem recomprado parte do que o grupo americano Agora havia investido na companhia.

A história entre Vitreo e Empiricus começou como uma parceria comercial no fim de 2018 e está prestes a virar sociedade aprovada pelo Banco Central. Agora pode terminar na venda de parte do negócio. Combinadas, as duas empresas estão sendo avaliadas em em cerca de 2 bilhões de reais, segundo pessoas envolvidas nas negociações.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade