Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CannabiZ Por Ricardo Amorim Novidades e reflexões sobre o mercado da cannabis legal, no Brasil e no mundo

Paraguai e Colômbia acirram corrida pelo mercado internacional de cannabis

Países vizinhos buscam clientes na Europa para se tornarem líderes latinoamericanos na exportação da erva

Por Ricardo Amorim 26 jul 2021, 18h09

Que país será o maior exportador de cannabis da América Latina: Colômbia ou Paraguai? A disputa entre os dois vizinhos ganhou novos elementos na semana passada. Enquanto os paraguaios anunciavam a primeira exportação para a Europa de alimentos à base de cânhamo, espécie não-psicoativa da planta, o presidente colombiano, Ivan Duque, assinou decreto para autorizar vendas de flores de cannabis in natura para o mercado externo. “A Colômbia quer se tornar um player relevante no mercado internacional de cannabis”, afirmou Duque em evento patrocinado por uma das principais empresas produtoras da erva no país.

No Paraguai, o embarque de 20 toneladas de sementes de cânhamo (hemp seeds) para a Europa também foi recebida com entusiasmo pelas autoridades. O ministro da Agricultura local, Moisés Bertoni, afirmou que “os preços estão muito atrativos e as variedades produzidas no país apresentam um desempenho bastante promissor”.

Enquanto isso, os brasileiros só assistem, à distância. Tal qual os telespectadores diante das disputas olímpicas em Tóquio.

Publicidade