Mais Lidas

  1. Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo em favela do Rio de Janeiro

    Brasil

    Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo...

  2. China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

    Economia

    China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

  3. STF dá prazo de cinco dias para Temer se explicar sobre reforma administrativa

    Brasil

    STF dá prazo de cinco dias para Temer se explicar sobre reforma...

  4. Família de Johnny Depp 'odiava' Amber Heard

    Entretenimento

    Família de Johnny Depp 'odiava' Amber Heard

  5. Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por várias pessoas’

    Entretenimento

    Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por...

  6. Temer e os áudios: por que a Lava Jato preocupa também o governo interino

    Brasil

    Temer e os áudios: por que a Lava Jato preocupa também o governo...

  7. Relembre famosos que foram ameaçados por fãs

    Entretenimento

    Relembre famosos que foram ameaçados por fãs

  8. Em gravação, Renan orienta defesa de Delcídio sobre processo no Senado

    Brasil

    Em gravação, Renan orienta defesa de Delcídio sobre processo no Senado

Portugal injetará 6,65 bilhões de euros em seus principais bancos

Banco Comercial Português receberá a maior quantia, 3,5 bilhões de euros

- Atualizado em

Nota soberana de Portugal foi de AA2 a A1
Bandeira de Portugal. Governo confirmou que irá ajudar bancos em crise(Stockbyte/VEJA)

O governo português confirmou nesta segunda-feira que ajudará com fundos públicos três dos maiores bancos do país, como estava previsto, através de uma injeção de capital de 6,650 bilhões de euros.

Segundo informou o Ministério das Finanças luso, desta quantidade, 5 bilhões procederão do fundo reservado no programa estipulado com a 'troika' - formada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu (BCE) e pela Comissão Europeia - para ajudar as instituições financeiras que necessitassem, dotado com 12 bilhões de euros.

O Banco Comercial Português (BCP) receberá a maior quantia (3,5 bilhões de euros), seguido pela estatal Caixa Geral de Depósitos (CGD), com 1,65 bilhão, e do Banco Português de Investimentos (BIS), com 1,5 bilhão.

O Executivo conservador luso ressaltou que está 'preparado' para apoiar outras entidades que necessitem, sempre que cumpram os requisitos estabelecidos.

Outra entidade financeira que já anunciou que pedirá ajuda estatal será o Banco Internacional de Funchal (Banif), que poderia solicitar cerca de 500 milhões de euros, segundo a imprensa portuguesa.

(Com agência EFE)

TAGs:
Banco
Portugal
Crise do Euro