Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santander nega estar negociando compra do HSBC no Brasil

Jesús Zabalza, presidente do banco espanhol, disse que não houve nenhum contato oficial por parte do banco inglês

O Santander Brasil não recebeu nenhuma consulta oficial sobre uma possível venda dos ativos do HSBC no país, disse o presidente-executivo da subsidiária do banco espanhol, Jesús Zabalza. “Não houve nenhum contato oficial”, disse o executivo a jornalistas em teleconferência sobre os resultados trimestrais.

O jornal Financial Times informou, há pouco mais de uma semana, que o HSBC acelera os planos de deixar as operações de varejo de alguns mercados emergentes, como Brasil e Turquia. Desde 2013, a instituição financeira vem sinalizando a intenção de desacelerar suas operações em alguns países, em especial México, Brasil, Estados Unidos e Turquia. No ano passado, o presidente do banco Stuart Gulliver afirmou que os quatro países eram “os maiores problemas” do HSBC.

O Santander foi apontado por analistas como o banco que mais teria a ganhar com a transação. O Santander é o sexto banco em valor de ativos no país. Em possível negociação com o HSBC, o banco teria ganhos de escala capazes de lhe dar musculatura para galgar novas posições.

(Com agência Reuters)

Leia mais:

Santander Brasil lucra 1,6 bilhão no 1º trimestre

Santander é o banco que mais teria a ganhar com aquisição do HSBC