Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras promete dar explicações sobre resultado do 3º tri na segunda-feira

Companhia informou que fará conferência com investidores, analistas e imprensa. No entanto, divulgação do balanço deve ser feita em 12 de dezembro

A Petrobras disse que irá “prestar informações” sobre o balanço do terceiro trimestre na próxima segunda-feira, por meio de conferência com investidores, analistas e a imprensa. A divulgação dos resultados financeiros, no entanto, deve acontecer no 12 de dezembro. A publicação estava marcada para esta sexta-feira, mas a estatal informou que o anúncio teria que ser adiado por conta de denúncias de corrupção.

Em nota, a Petrobras informou que a conferência com investidores e analistas será realizada às 11h na segunda-feira. Em seguida, às 13h, haverá a entrevista coletiva à imprensa. Ainda segundo a assessoria da estatal, a diretoria da Petrobras prestará informações sobre o terceiro trimestre, o que não invalida a decisão de apenas divulgar os números no próximo mês. Caso não consiga apresentar os dados até o fim do ano, a empresa pode incorrer na violação dos termos de emissão de seus títulos no exterior.

Leia mais:

Sem aval de auditoria, Petrobras adia a divulgação do balanço

Falta de pagamentos em Abreu e Lima leva Petrobras à Justiça

Procuradoria veta depoimento de Costa à Petrobras

A Petrobras esperava o aval da auditoria PricewaterhouseCoopers, que impôs condições para assinar os resultados. O receio da Price, que faz parte do grupo conhecido por “Big 4”, composto pelas maiores auditorias do mundo, ao lado da Deloitte, da KPMG e da Ernst Young, é repetir no Brasil o escândalo da Arthur Andersen. A auditoria americana quebrou depois que foi envolvida no escândalo de fraude da petroleira Enron, em 2002.

Outra fonte revelou ao jornal O Globo que a Price espera a conclusão dos relatórios das comissões internas da estatal sobre as refinarias de Pasadena, no Texas, Comperj, no Rio de Janeiro, e Abreu e Lima, em Pernambuco. Só depois de avaliar a documentação, diz o jornal, a auditoria poderá avalizar o balanço.

(Com agência Reuters)