Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovem que estampou currículo em Coca-Cola é contratada

Beatriz Carmona será Jovem Aprendiz na multinacional de marketing digital ReachLocal no Brasil

Lembram-se da Beatriz Carmona, que bombou na internet ao estampar seu currículo em uma garrafa de 2,5 litros da Coca-Cola?

Então, a jovem foi contratada. “Ela mostrou talento e criatividade e a gente contratou”, anunciou a ReachLocal Brasil, empresa de marketing digital.

Beatriz é a mais nova jovem aprendiz da companhia. Com uma jornada mensal de 120 horas, a estudante do ensino médio terá 30% do seu tempo destinado a atividades relacionadas à formação, e o restante para aprender sobre o trabalho na ReachLocal. O salário gira em torno de 780 reais.

“Diante de milhares de erros que cometi, ao longo do meu caminho, eis que surge um acerto: fui admitida, como Jovem Aprendiz, na ReachLocal Brasil”, publicou Beatriz em sua página no Facebook.

A jovem de 17 anos agradeceu “aos internautas, que embora desconhecidos, sensibilizaram-se com o meu poder juvenil e compartilharam” e “aos profissionais da Reachlocal Brasil, que foram extremamente justos e profissionais na realização do processo seletivo.”

Relembre

Beatriz entregou o currículo estampado em uma garrafa de Coca-Cola à empresa, em São Paulo, mas foi a publicação do passo-a-passo da iniciativa em um post na sua página no Facebook que fez Beatriz chamar a atenção da empresa.

As imagens foram tuitadas por @richardao_ e viralizaram na internet. Na publicação, Beatriz conta que se inspirou na ideia de Lukas Yla, lituano que vivia nos Estados Unidos e se vestiu de entregador para distribuir seu currículo em caixas de donuts. 

Flávio Pelizari, diretor de RH e Desenvolvimento de Pessoas da ReachLocal, contou a VEJA que estava viajando quando Beatriz entregou o currículo, mas recebeu de um amigo o aviso de que a empresa estava sendo citada nas redes.

Pelizari entrou em contato com a jovem, que iniciou o processo seletivo e realizou uma série de entrevistas. 

“A proposta é que os aprendizes tenham a oportunidade de aprender com nossos profissionais e, quando o projeto, que dura cerca de um ano, terminar, possamos efetivá-los já com o diferencial de estarem preparados e poderem crescer mais rápido”, afirma Pelizari.

Com a iniciativa, Beatriz conseguiu se destacar entre os 320 currículos recebidos pela empresa.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sidarta Silva Martins

    Como esta empresa, pelo jeito uma multinacional, tem a desfaçatez de pagar um salário de 780 reais a uma moça de talento como esta?

    Exploração pura!

    E falta de bom senso.

    Pobre menina que precisa dessas migalhas.

    Pobre empresa que não enxerga um palmo adiante do nariz.

    Curtir

  2. Debora Oliveira

    Moço, pra uma jovem aprendiz, ela tá ganhando o dobro do que eles costumam ganhar. Sabe quanto é o salário de um jovem aprendiz? R$300,00 e pouco. R$780,00 é o dobro, fora os passes.

    Curtir