Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Itaú e BNDES oferecerão linha de crédito para Mercosul

Argentina será o primeiro país a ter acesso ao financiamento para compra de maquinários produzidos no Brasil

Projeto visa estimular a venda de bens de capital produzidos no Brasil para países da América do Sul

O Itaú assinou parceria com o BNDES para a criação de uma linha de crédito com o objetivo de fomentar as exportações brasileiras para os países do Mercosul. A iniciativa faz parte da estratégia do banco privado de fortalecer sua presença na América Latina.

A instituição será a primeira a oferecer o produto do banco de fomento. O projeto começa com a Argentina e a intenção é expandir o crédito para países da região onde o Itaú já atua: Chile, Paraguai e Uruguai.

O projeto visa estimular a venda de bens de capital produzidos no Brasil para países da América do Sul, alavancando a demanda por produtos nacionais de valor agregado.

“Queremos expandir o crédito, e consequentemente a troca comercial entre as indústrias brasileiras e os países em que o Itaú está presente”, afirmou Ricardo Marino, vice-presidente de Unidades Externas do Itaú Unibanco. “Nossa experiência na América Latina, sobretudo no mercado de pequenas e médias empresas, foi fundamental para o desenvolvimento do produto junto do BNDES”.

A linha de crédito será válida para a aquisição de produtos voltados à indústria, construção civil e infraestrutura. As taxas de juros e dos prazos de pagamento serão determinadas de acordo com as condições de cada país.

As regras do programa foram baseadas nas normas do BNDES Exim Pós-embarque, linha de crédito do BNDES voltada ao financiamento da comercialização de bens de capital da indústria brasileira no exterior.