G-20: recuperação da economia mundial perdeu força

Por Gustavo Nicoletta

Cannes – Os países do G-20 afirmarão em seu comunicado final que a recuperação da economia mundial perdeu força principalmente por causa da crise das dívidas soberanas da zona do euro, de acordo com uma versão prévia do documento.

“Desde a nossa última reunião, a recuperação global se enfraqueceu, particularmente nos países avançados, deixando o desemprego em níveis inaceitáveis”, afirma a prévia do comunicado. “As tensões nos mercados financeiros aumentaram, principalmente por causa dos riscos soberanos na Europa.”

Segundo o documento preliminar, os líderes do G-20 vão fechar um acordo sobre um plano de ação para impulsionar o crescimento, mas os detalhes devem ser divulgados em um outro comunicado. “Nós nos comprometemos a coordenar nossas ações e políticas. Concordamos com um Plano de Ação para o Crescimento e Empregos. Cada um de nós terá um papel.”

A prévia do comunicado do G-20, com data de 2 de novembro, não continha detalhes sobre as propostas e estratégias para o câmbio, indicando que até ontem não havia consenso a respeito do assunto. “A volatilidade cambial cria um risco para o crescimento e a estabilidade financeira”, afirma o texto. As informações são da Dow Jones.