Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Agronegócio bate recorde de exportações em 2011

As exportações brasileiras do agronegócio em 2011 somaram 94,59 bilhões de dólares, 24% a mais que em 2010

O saldo do setor agropecuário foi o melhor para o agronegócio desde 1997

As exportações brasileiras do agronegócio registraram novo recorde em 2011, somando 94,59 bilhões de dólares, valor 24% superior ao alcançado em 2010, de 76,4 bilhões. As importações dos produtos agropecuários atingiram 17,08 bilhões (28% superior a 2010), o que resultou em um superávit de 77,51 bilhões de dólares na balança comercial do agronegócio de 2011, crescimento de 22,9%.

O saldo do setor agropecuário é quase três vezes superior ao acumulado no resultado global da balança comercial brasileira, que fechou o ano de 2011 com superávit de 29,8 bilhões, além de ter sido o melhor para o agronegócio desde 1997. A meta do Ministério da Agricultura para 2012 é ultrapassar 100 bilhões de dólares, com estimativa de 5,7% de crescimento.

Em conjunto, os cinco principais setores (complexo soja, complexo sucroalcooleiro, carnes, produtos florestais e café) somaram 74,33 bilhões de dólares em exportações, sendo responsáveis por 78,6% do total das vendas externas de produtos brasileiros agropecuários no ano passado.

Soja é campeã – Os produtos do complexo soja (grão, farelo e óleo) foram os que mais contribuíram para o crescimento nas vendas externas e os que registraram o maior valor de exportação. Na comparação com 2010, as exportações de soja em grãos cresceram 47,8% em valor (11,03 bilhões para 16,31 bilhões de dólares), devido ao crescimento de 30,3% no preço médio de venda. Em volume, o aumento foi de 13,5%.

Complexo sucroalcooleiro e carnes também se destacaram nas exportações, com receitas de 16,18 e 9,64 bilhões bilhões de dólares, respectivamente.

Principais destinos – Os principais destinos dos embarques de produtos nacionais em 2011 foram os mercados da União Europeia, China, Estados Unidos, Rússia e Japão. As vendas externas concentraram-se, principalmente, em mercados como Ásia e União Europeia, responsáveis, em conjunto, por 57,4% do total exportado. Na análise por país, destacam-se as exportações para a China, com 16,51 bilhões de dólares.

Em seguida, estão a participação do Oriente Médio (10,1%) e dos países do Nafta – Estados Unidos, México e Canadá – (8,5%) e da África. Na contramão, houve queda da participação apenas nos demais países das Américas, com redução de 6,6%.

Dezembro – No último mês de 2011, as exportações brasileiras do agronegócio alcançaram o valor de 7,01 bilhões de dólares, o que significou um crescimento de 15,7% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Os principais setores responsáveis foram: complexo soja, carnes, fibras e produtos têxteis.

(Com Agência Estado)