Blogs e Colunistas

Laredo

30/11/2011

às 12:15 \ Pilotos de Séries, Remakes, Séries Dinamarca

Novos Projetos e Pilotos – Novembro 2011 – Parte 5

"The Bridge", série dinamarquesa

Postagem atualizada em 09 de maio de 2012

ABC

The Cult Of Mac – Projeto de comédia criado por Tony McNamara. Na história, Ted Macfadden busca na sua própria infância, vivida em Chicago na década de 1980, e nos métodos de seu pai Mac, inspiração para educar seus próprios filhos, com quem vive em São Francisco. Ainda não está claro, mas é possível que a trama seja narrada em dois tempos: o passado e o presente. Se produzida, a série ficará com a ABC Studios em parceria com Brillstein Entertainment.

We’ll Be Out By Christmas - Projeto de sitcom desenvolvido por Tom Sherak, com roteiro de Steve Pink e Jeff Morris, que adaptam as experiências de vida de Sherak. Originalmente oferecida à Paramount em 2009 para ser produzida como um filme para o cinema, a história, apresenta a vida de um casal que acolhe a filha, o genro e os netos durante o período em que o marido da filha faz seu mestrado. Se produzida, a série ficará com a My Bench Prods., empresa de Sherak, em parceria com a Blue Star Entertainment.

Channel 4

Derek – Este é o título provisório do novo projeto de série de Ricky Gervais. Poucas informações foram divulgadas por Gervais mas, segundo a imprensa britânica, a história é situada em uma casa de repouso onde vive Derek Noakes, um homem deficiente mental. No elenco estariam Gervais, David Earl e Karl Pilkington. Segundo a imprensa britânica, Gervais teria sondado Sean Connery para integrar o elenco, interpretando um dos idosos que vive no local.

Ricky Gervais

FX

Bunker – Projeto de Dennis Lehane, Graham Yost (Justified) e do cantor Anthony Kiedis com roteiro de Lehane. A história gira em torno de uma psicóloga da polícia de Boston. Se produzida, a série ficará com a Chernin Entertainment em parceria com a Fox Television Studios.

Laredo - Projeto de William Broyles com roteiro de Eric Lodal. Nenhuma informação foi divulgada, apenas que se trata de um drama policial situado no Texas, próximo à fronteira do México. Por curiosidade, já existe uma série americana com o título de “Laredo“. Trata-se de um faroeste cômico produzido na década de 1960, sobre patrulheiros do oeste, conhecidos como Texas Rangers.

Lifetime

Projeto de Hall e Randall – Desenvolvido por Barbara Hall (Army Wives) e Gary Randall (The Glades), o projeto é um drama que se propõe a explorar a anatomia de uma relação extraconjugal. A ideia é apresentar a relação de um casal diferente por temporada. Se produzida, a série ficará com a Fox Television Studios.

NBC

Four Play – Projeto de sitcom criado pela atriz Liz Vassey. A história gira em torno de um grupo de quatro pessoas, que formam uma família e adotam uma criança. Se produzida, a série ficará com a Universal TV em parceria com a Dark Toy Entertainment.

Sky Atlantic

The Tunnel - A produtora Kudos Film and Television adquiriu os direitos de adaptação da série dinamarquesa Broen, com a intenção de produzir uma versão inglesa para o canal Sky Atlantic, em parceria com o francês Canal Plus (o jornal dinamarquês Politiken chegou a divulgar que os direitos tinham sido adquiridos pela BBC4). Já renovada para sua segunda temporada, Broen, que recebeu o título internacional de The Bridge, foi criada por Måns Mårlind (diretor de Anjos da Noite 4: um Novo Amanhecer), Rosenfeldt Hans e Bjorn Stein.

A história original acompanha as investigações realizadas pelas polícias da Dinamarca e da Suécia, que se unem para solucionar um assassinato ocorrido na ponte Øresundsbron que une os dois países. Na versão britânica, que traz o título provisório de “The Tunnel”, a Inglaterra se une à França para investigar um assassinato ocorrido no túnel que une os dois países.

11/12/2010

às 13:10 \ Por Onde Andam?

Por Onde Anda o Elenco de Laredo?

Neville Brand (E), William Smith, Phillip Carey e Peter Brown em "Laredo" (Foto NBC/Arquivo)

A série de faroeste foi produzida pela Universal entre 1965 e 1967, exibida pela rede NBC. No Brasil, passou pelo canal da Record. “Laredo” surgiu do episódio “We’ve Lost a Train”, de “O Homem de Virgínia”, produzido com a intenção de ser o piloto da nova série, introduzindo os personagens e a situação para o público. Com roteiro assinado por Borden Chase, o episódio de 90 minutos de duração foi lançado em 1969 nos cinemas, com o título de “Bactrack!”. A série também teve três episódios compilados e transformados em filme, lançado com o título “Three Guns for Texas”, em 1968.

Em uma época na qual os faroestes ainda faziam parte da programação televisiva, tal qual as séries policiais ou médicas, “Laredo” trouxe uma abordagem essencialmente cômica. A história acompanhava a rotina de três patrulheiros do oeste, conhecidos como Texas Rangers, que trabalhavam na cidade de Laredo, Texas, sob as ordens do Capitão Parmalee (Phillip Carey).

A Companhia B era formada por Reese Bennet (Neville Brand), Chad Cooper (Peter Brown) e Joe Riley (William Smith), que passavam mais tempo arranjando encrenca que correndo atrás de bandidos. Disputando mulheres, jogando, bebendo ou provocando brigas, os patrulheiros passavam por situações que, invariavelmente, os levavam a ser repreendidos. Reese, o mais velho do grupo e mais experiente, era normalmente utilizado pelos outros dois como o ‘bobo da corte’. Na segunda temporada, o grupo acolheu mais um mebro: Eric Hunter (Robert Wolders).

Apesar de bem recebida pela crítica da época, a série teve apenas duas temporadas produzidas, com um total de 56 episódios. Em 2009, a Timeless Media Group lançou a série completa em DVD no mercado americano.

Mas por onde andam seus atores?

Quando entrou para a série o ator Peter Brown já vinha de outra produção de faroeste: “Lawman”, na qual atuou ao lado de John Russell. Seu nome verdadeiro é Pierre de Lappe, nascido em Nova Iorque. Filho de uma atriz de rádio, Peter iniciou sua carreira ainda criança, participando de vários programas infantis.

Após o serviço militar, tentou seguir a carreira de ator, enquanto mantinha seu emprego em um posto de gasolina. Segundo sua biografia oficial, um dos clientes atendido por Peter no posto foi Jack Warner, da Warner Brothers, que lhe ofereceu um teste e, posteriormente, um contrato com o estúdio. Após alguns trabalhos, entre eles a série “Lawman”, Peter assinou um novo contrato, dessa vez com a Universal, que o colocou na série “Laredo”.

Com o fim da série, Peter entrou no circuito de participações especiais. Entre 1991 e 1992, integrou o elenco da novela “The Bold and the Beautiful”. O ator se casou cinco vezes, sendo que teve um filho, Matthew Brown, com sua segunda esposa. Atualmente com 75 anos, o ator participa de eventos e convenções, especialmente aqueles relacionados ao tema de faroeste. Seu trabalho mais recente é o filme western “Hell to Pay”, que o reúne com os atores William Smith e James Drury, de “O Homem de Virgínia”. No elenco também está Lee Majors, de “Big Valley”.

William Smith também era um ator já conhecido na época em que trabalhou em “Laredo”. Tendo iniciado a carreira quando ainda era criança, William chegou aos cinemas em 1942 atuando como figurante em vários filmes, entre eles, “A Canção de Bernadette” e “Gilda”. Após o serviço militar, William retornou à Hollywood onde começou a trabalhar como ator de televisão a partir de 1954. Em 1961, integrou o elenco da série “Asphalt Jungle” e, entre 1962 e 1965, esteve em “Zero One”.

Com o fim de “Laredo”, William entrou no circuito de participações especiais, aparecendo em uma centena de episódios de diversas séries. Em algumas, foi visto em vários episódios, geralmente interpretando personagens diferentes. O ator voltou a integrar o elenco fixo de uma série em 1979, com a última temporada de “Havaí 5-0″, na qual interpretou o detetive James Carew, mais conhecido como Kimo.

Em 1983 voltaria com a série “Emerald Point” e, em 1985, com “Wildside”. Entre 1985 e 1989, teve participações recorrentes em “Tiro Certo/Hunter”. O ator também é conhecido por seu trabalho na primeira minissérie produzida pela TV americana: “Pobre Homem Rico”, e sua sequência.

Atualmente, com 77 anos, William continua na ativa. Seu trabalho mais recente é o video game “Wanted: Weapons of Fate”, no qual emprestou sua voz para um dos personagens. Além de ator, William também é escritor e fotógrafo, tendo publicado o livro “The Poetry Work of William Smith”. O ator pode ser encontrado em sua página no Facebook.

Robert Wolders não era um ator conhecido quando entrou no elenco de “Laredo”. Tendo feito algumas participações especiais antes e depois, o ator deixou a carreira por volta de 1975, quando se casou com a atriz Merle Oberon. A diferença de 25 anos de idade que existia entre os dois chamou a atenção da mídia na época. Depois que a atriz morreu em 1979, Robert se tornou companheiro de Audrey Hepburn, com quem viveu até a morte da atriz, em 1993. Em 1994, o ator iniciou uma relação com Leslie Caron, de quem se separou em 1995.

Durante o período em que viveu com Audrey, o ator, de origem holandesa, participou das atividades da atriz na UNICEF. Atualmente com 74 anos, Robert estaria, até recentemente, envolvido com Shirley Fonda, viúva de Henry Fonda.

Os demais atores da série já faleceram. Neville Brand (na foto à esquerda) morreu em 1992, aos 71 anos de idade, vítima de enfisema. Com uma longa carreira televisiva, Neville também é conhecido por interpretar Al Capone em um episódio da série “Os Intocáveis”. O último trabalho do ator no cinema foi com o filme “Evils of the Night”, de 1985. Na TV, foi visto pela última vez em um episódio de “Harper Valley PTA”, em 1982. Casado três vezes, o ator teve duas filhas.

Phillip Carey (na foto à direita) faleceu em 2009, aos 83 anos de idade, vítima de câncer no pulmão, diagnosticado em 2006. O ator foi casado duas vezes e teve cinco filhos. Seu trabalho mais conhecido é a novela “One Life to Live”, da qual se afastou em 2007, em virtude da doença.

___________
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

___________

Atenção, Fãs de Chaparral!!

Henry Darrow, ator que interpretou o charmoso e indolente Manolito Montoya na série Chaparral, estará em breve lançando sua biografia, intitulada Lightning in a Bottle. Nela, Darrow discute sua carreira e a história da indústria da qual pertence, fornece dicas sobre a profissão e dá lições sobre como sobreviver em Hollywood. Jan Pippins, escritora que está trabalhando com ele no projeto, afirma que o ator é o sonho de qualquer biógrafo, pois tem uma memória fenomenal para detalhes, um coleção enorme referente à sua carreira e muitos amigos e familiares dispostos a falar sobre ele.


Embora Darrow seja o centro da biografia, ela inclui entrevistas com muitos colaboradores, entre eles seus colegas de Chaparral, Don Collier (Joe), Linda Cristal (Victoria), Marie Gomez (Pearlita) e Rudy Ramos (Vento), além de seu irmão Dennis Delgado e a esposa Lauren Levian. Para obter notícias atualizadas sobre o livro ou encomendá-lo, visitem henrydarrowbook.


Além da convenção de Chaparral, sobre a qual já falamos aqui no blog, Henry Darrow participará do Memphis Film Festival em Olive Branch, no Mississipi, de 4 a 6 de junho. Completamos essa segunda notícia deliciosa com uma lista de algumas celebridades que participarão desse evento que homenageia o bom e velho oeste: Robert Fuller (Laramie), James Drury (O Homem de Virgínia/The Virginian), Peter Brown (Laredo/Lawman) e Don Collier (Chaparral), entre outros, muitos outros.


Laramie (1959-1963)

Laredo (1965-1967)

O Hoemem De Virgínia (1962-1971)

Texto: Marta Machado (a convite de Fernanda Furquim)

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados