Blogs e Colunistas

Hung

HBO Cancela Três Séries e Renova Enlightened

Enlightened

No início de dezembro a HBO Brasil divulgou em coletiva as atrações para 2012. Entre elas, as novas temporadas de “Hung”, “How To Make It in America”, “Bored to Death”, “Curb Your Enthusiasm” e “Enlightened”. Garantindo que a informação vinha direto dos EUA, o canal brasileiro errou. Hoje o canal americano anunciou o cancelamento das três primeiras. Desta lista, apenas “Enlightened” foi renovada. Já “Curb Your Enthusiasm” ainda não teve seu destino definido.

Entre as quatro produções, apenas “Hung” conseguia registrar uma audiência melhor que as demais. Em sua terceira temporada ela conquistou cerca de 3.9 milhões de telespectadores, somando as reprises, DVR e streaming. Segundo o canal, os números representam 44% de queda na audiência, já que a segunda temporada chegou a 6.9 milhões. Mas apesar da audiência ainda ser significativa e da indicação de Thomas Jane para o Golden Globe, a série não escapou do ‘machado’.

Já a segunda temporada de ”How to Make It in America“, bem como a terceira de “Bored to Death“, conquistaram a média de 2.3 milhões de telespectadores, cada. Segundo o canal, as duas produções teriam sofrido uma queda de cerca de 25% da audiência conquistada nas temporadas anteriores.

Enlightened” era a série com menor audiência entre as quatro. Mas a única que recebeu apoio da crítica, além de ter sido indicada para o Golden Globe (série e atriz). Sua primeira temporada conquistou a média de 1.5 milhões de telespectadores.

Criada por Mike White, que também faz parte do elenco, a série é estrelada por Laura Dern. Na história ela interpreta uma mulher que, após uma crise nervosa, entra em contato com sua espiritualidade. Sua nova forma de ver a vida a leva a tentar convencer as pessoas a passarem pelo mesmo processo de mudança. Ao longo do caminho ela enfrenta diversas resistências e críticas.

A primeira temporada encerra com Amy percebendo que tem ao seu alcance a oportunidade de fazer a diferença atacando os pontos fracos da empresa na qual trabalha.

Segundo representantes da HBO americana, a decisão de cancelar três séries de uma só vez foi tomada para que pudessem abrir espaço na grade para a estreia de novas produções. O canal tem o total de seis séries aguardando para estrear em 2012: “Luck”, ”Girls”, “Veep”, “Life’s Too Short”, “Newsroom” e “Angry Boys”, além do retorno de produções já renovadas, como “Eastbound & Down”, “True Blood”, ”Game of Thrones,” “Treme” e “Boardwalk Empire.”

05/12/2011

às 19:47 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Brasil

HBO Brasil Anuncia Renovações de Séries Americanas

Enlightened

Em coletiva realizada esta tarde em São Paulo, a HBO Brasil anunciou alguns títulos que serão exibidos no canal em 2012. Entre eles, as novas temporadas de séries que ainda não tiveram o anúncio oficial feito nos EUA.

Segundo a HBO Brasil, as séries “How to Make It in America”, “Segura a Onda/Curb Your Enthusiasm”, “Bored to Death”, “Hung” e “Enlightened” já teriam garantido novas temporadas nos EUA e que o anúncio oficial deverá ser feito em breve pelo canal americano. As novas temporadas estão previstas para estrear no Brasil em 2012. Também retornam as séries “Boardwalk Empire”, “Game of Thrones”, “True Blood”, “Treme”, “The Big C” e “Mad Men”, que já tiveram suas renovações anunciadas nos EUA.

(ADENDO: no dia 20 de dezembro de 2011, o canal HBO americano desmentiu a informação divulgada pelo canal brasileiro, ao anunciar o cancelamento de “How To Make It in America”, “Bored to Death” e “Hung”. No mesmo dia, confirmou a renovação de “Enlightened”).

A HBO Brasil oficializou o cancelamento de “Alice“, visto que a protagonista está com um contrato de exclusividade com a Rede Globo, e o retorno de “Capadócia” e de “Mandrake“, ambas para sua terceira temporada, sendo que “Mandrake” terá apenas dois episódios especiais. O canal ainda não garantiu as novas temporadas de “Prófugos” e de “Mulher de Fases” mas, segundo a HBO, as negociações já estão em andamento.

Entre as novas séries que estreiam pela HBO Brasil em 2012 estão “Luck”, “Veep”, “Girls” e “House of Lies“. O pacote de séries latino americanas também ganha dois novos títulos: “FDP” e “Preamar”.

Lucké a série que trará Dustin Hoffman de volta à TV. Tendo iniciado carreira no teatro, Dustin estreou na TV na década de 1950 participando de teleteatros e de episódios de séries, como “Cidade Nua”, “Os Defensores” e “As Enfermeiras”. A série “Luck” é a primeira na qual ele faz parte do elenco fixo. Criada por David Milch, de “Deadwood”, a história acompanha os bastidores das corridas de cavalos.

Veep” é a nova série de Julia Louis-Dreyfus, de “Seinfeld” e “The New Adventures of Old Christine”.  Criada por Armando Iannucci, autor da excelente sitcom política inglesa “The Tick of It“, a série retrata a vida de uma Senadora que se torna Vice-Presidente sem ter qualquer preparo para isso.

Dustin Hoffman

Girls” é outra produção da HBO americana ainda inédita, que teve sua produção anunciada em janeiro. Criada e estrelada por Lena Dunham, a sitcom, segundo a HBO Brasil, segue a linha de “Sex and the City”, acompanhando os altos e baixos, triunfos e humilhações vividos por um grupo de mulheres na faixa dos vinte e poucos anos.

As três produções têm previsão de estreia nos EUA para os meses de janeiro e fevereiro. No Brasil, ainda não foi agendada uma data.

Entre as novas séries americanas divulgadas, “House of Lies” é a única que não pertence à HBO americana. Tal qual “The Big C”, a série é do canal Showtime, com previsão de estreia nos EUA para o mês de janeiro. Também sem data prevista para iniciar carreira no Brasil, “House of Lies” é estrelada por Don Cheadle e Kristen Bell, entre outros.

Adaptada por Matthew Carnahan (Dirt) da obra de Martin Kihn, a história apresenta Marty Kaan, um homem inescrupuloso que comanda uma empresa de consultoria. Seu lema é usar qualquer pessoa ou manipular qualquer situação para satisfazer seus clientes. Mas ele não é o único nesse negócio. Na verdade não é nem o melhor, já que a empresa de sua ex-esposa é considerada a número um.

Para 2012 a HBO Latin America prepara duas novas séries brasileiras. A primeira é “FDP“, sigla do nome pelo qual o torcedor costuma chamar o juiz de um jogo de futebol. A história acompanha a vida de um árbitro de futebol que apita os jogos da taça Libertadores da América. A série é uma produção da Pródigo Filmes, com 13 episódios encomendados para a primeira temporada, que tem previsão de estreia para o mês de março.

Já “Preamar” é uma produção da Pindorama Filmes, com roteiro de Estevão Ciavatta, Patrícia Andrade, Jô Hallack e William Vorhees. A história narra a vida de um executivo que, após perder o emprego em um banco, inicia um negócio informal nas praias do Rio de Janeiro. Com 13 episódios, “Preamar” tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2012.

Assim que informações mais detalhadas sobre as produções forem disponibilizadas, publicarei postagens específicas sobre as novas séries brasileiras.

"House of Lies"

05/10/2011

às 10:33 \ Atores, Séries Anos 2000-2009

Ator de Hung Revela já ter se Prostituído com Homens

Thomas Jane encontrou uma forma inusitada de chamar a atenção da mídia para a estreia da terceira temporada de “Hung“. Enquanto a maioria dos atores evitam fazer comentários que possam comprometê-los ou expô-los, o ator revelou em entrevista ao jornal L. A. Times que, quando jovem, se prostituía com homens para poder pagar suas contas.

Nascido em Baltimore, Maryland, um dos estados mais conservadores dos EUA, Thomas Jane saiu de casa para tentar a sorte em Los Angeles. Aos 18 anos de idade estava sem dinheiro, morando em seu carro e aberto a explorar sua identidade sexual. O ator revelou que nessa época saía com homens em troca de dinheiro. “Eu não era contra à ideia de descer pela Santa Monica Boulevard (rua de prostituição masculina) e deixar um sujeito me pagar um sanduíche. Entende o que quero dizer?”, disse ele ao jornal LA Times.

O ator de 42 anos continua seu depoimento dizendo que “como James Dean disse, você ficará com um braço preso às costas se não aceitar os sabores sexuais das pessoas”. Thomas lembra que o fato de estar sem dinheiro e passando fome foi determinante para que ele, crescido na classe média, em uma família austera, experimentasse se relacionar com alguém do mesmo sexo. “Foi uma oportunidade de confrontar alguns dos meus próprios medos e preconceitos”, disse ele na entrevista. ”Com o tempo, escolhi ser heterossexual porque está em meu DNA e no meu comportamento. Mas não existe uma escolha quando não se experimenta os dois lados”.

Entre 1989 e 1995, Thomas foi casado com a atriz Ayesha Hauer, de quem se divorciou. Em 2000 ficou noivo de Olivia d’Abo (Anos Incríveis), relação que não foi adiante. Em 2002, Thomas ficou noivo de Patricia Arquette (Medium), com quem teve uma filha, Harlow Olivia Calliope, nascida em 2003. Os dois se casaram em 2006, mas se divorciaram no início de 2011.

A decisão de Thomas de revelar esse detalhe de seu passado coincidiu com a estreia da terceira temporada da série “Hung”, no último dia 2 de outubro. Na história, ele interpreta Ray, um professor divorciado e pai de dois filhos adolescentes, que sofre as consequências da crise econômica americana. Fisicamente dotado, ele passa a se prostituir com mulheres para poder pagar suas contas.

Mas “Hung” se tornou alvo de crítica da mídia gay depois que Thomas fez um comentário sobre seu personagem que foi encarado como homofobia. ”Nossa mídia de entretenimento se tornou tão politicamente correta que já não podemos mais comentar sobre as questões sociais de uma forma significativa˜, disse Thomas ao LA Times. “Por outro lado, tudo o que dizemos já se torna fora de moda antes mesmo de dizer. Esta combinação faz com que as controvérsias tenham um conteúdo pobre. A controvérsia precisa levar à discussão, a discussão à elucidação e a elucidação leva às mudanças”.

O comentário de Thomas que gerou acusações de homofobia está relacionado à sua visão do personagem que interpreta. Em entrevistas o ator declarou que, no momento em que Ray se envolver sexualmente com um homem, será o fim da série. Segundo Thomas, seu comentário teve como base o fato de seu personagem ser estritamente heterossexual e tipicamente americano, com uma visão de sexo muito estreita e repressiva. Mas, justamente por ter essas características, os roteiristas prepararam um episódio para esta temporada no qual Ray se envolve com um transexual. Na entrevista ao LA Times, Thomas disse que este é seu episódio favorito da temporada.

No Brasil, a série “Hung” é exibida pela HBO, que programou a estreia da terceira temporada para o dia 17 de outubro.

02/09/2011

às 10:15 \ Cartazes, Séries Anos 2000-2009

Cartaz de Hung – 3a. Temporada

A terceira temporada da série, composta de 10 episódios, estreia nos EUA no dia 2 de outubro, com o episódio “Don’t Give Up on Detroit” or “Hung Like a Horse”.

No Brasil, a previsão de estreia é para o dia 17 de outubro, pela HBO Brasil.

Spoilers] A história é situada oito meses após os fatos ocorridos na segunda temporada da série. Ray e Tanya mantém um local próprio onde ele atende suas clientes como ‘terapeuta sexual’. Esta era uma ideia de Lenore, que foi afastada da equipe. Mas ela logo conhece Jason (Stephen Amell, de “The Vampire Diaries”), um garçon que se torna um concorrente de Ray.

Jason é noivo de Sandee (Analeigh Tipton), uma decoradora de bolos que está a par de suas novas atividades. Também no elenco da nova temporada está Ana Ortiz (Ugly Betty), que se torna uma das novas clientes de Ray; e Kaitlin Doubleday (Grey’s Anatomy), que interpretará uma ex-aluna de Ray e seu novo interesse romântico. [Fim dos Spoilers]

Kaitlin Doubleday substitui Leven Rambin (Terminator: The Sarah Connors Chronicles), que se afastou por conflitos de agenda.

Cliquem na imagem para ampliar.

Cenas e Bastidores de Hung – 3a. Temporada

O vídeo contém spoilers.

Criada por Dmitry Lipkin (The Riches) e Colette Burson, a dramédia é estrelada por Thomas Jane, ex-marido da atriz Patricia Arquette, de “Medium”. A história narra a luta de um treinador de futebol estudantil para driblar seus problemas econômicos prostituindo-se nas horas vagas.

[Spoilers] A história é situada oito meses após os fatos ocorridos na segunda temporada da série. Ray e Tanya mantém um local próprio onde ele atende suas clientes como ‘terapeuta sexual’. Esta era uma ideia de Lenore, que foi afastada da equipe. Mas ela logo conhece Jason (Stephen Amell, de “The Vampire Diaries”), um garçon que se torna um concorrente de Ray. Jason é noivo de Sandee (Analeigh Tipton), uma decoradora de bolos que está a par de suas novas atividades. Também no elenco da nova temporada está Ana Ortiz (Ugly Betty), que se torna uma das novas clientes de Ray; e Kaitlin Doubleday (Grey’s Anatomy), que interpretará uma ex-aluna de Ray e seu novo interesse romântico. A atriz substitui Leven Rambin (Terminator: The Sarah Connors Chronicles), que se afastou por conflitos de agenda. [Fim dos Spoilers]

A terceira temporada da série estreia nos EUA no dia 2 de outubro, com 10 episódios produzidos. Ainda não há previsão de quando os novos episódios serão exibidos no Brasil.

27/06/2011

às 10:00 \ Trailers

Teaser de Hung – 3ª Temporada

Novos Personagens

Ana Ortiz

Lip Service - A série sobre um grupo de jovens lésbicas vivendo na Escócia entra em sua segunda temporada incluindo novas atrizes para o elenco: Anna Skellern, que interpretará Lexy, uma médica australiana que se envolve com Frankie; Sinead Keenan (Being Human), Neve McIntosh e Alana Hood. Os personagens dessas três últimas não foram divulgados ainda. A temporada ainda não tem data de estreia na Inglaterra. A série chega ao Brasil no dia 2 de julho, pelo canal MAX HD (confiram o calendário).

Entourage - A atriz Alice Eve terá participação em quatro dos oito episódios que serão produzidos para a última temporada da série da HBO. Ela interpretará uma jornalista que tem a missão de escrever uma matéria sobre Vincent Chase (Adrian Grenier).

Hung - Ana Ortiz, de “Ugly Betty”, terá participação semiregular na série, interpretando uma nova cliente de Ray (Thomas Jane). Com um enorme apetite sexual, ela passa por diversos problemas emocionais. Esta é a primeira participação de Ana em uma série desde o fim de “Ugly Betty”. A atriz estava no elenco do piloto de “Outnumbered“, adaptação de uma série inglesa, que foi rejeitado pelo canal Fox.

True Blood - A quarta temporada da série contará com a presença de Peter Macdissi (A Sete Palmos/Six Feet Under), interpretando Luis Patiño, xerife de Louisiana, amigo das bruxas que vivem em Bon Temps. Sendo um vampiro, Luis participou da Inquisição Espanhola.

Andrea Parker

Pretty Little Liars – Andrea Parker (JAG e The Pretender) entrou para o elenco semiregular dessa série do ABC Family. Ela interpretará Jessica DiLaurentis, a mãe de Alison que retorna a Rosewood para organizar um evento de caridade em nome da filha. Andrea entra na série a partir do sexto episódio da segunda temporada, que estreia nos EUA no dia 14 de junho.

Terra Nova - O ator britânico Rod Hallett (The Tudors e Silence) entrou para o elenco regular dessa série do canal Fox americano, que tem previsão de estreia para a Fall Season (a partir de setembro). Rod interpretará o Dr. Malcolm Wallace, que tentará conquistar Elisabeth (Shelley Conn), esposa de Jim Shannon (Jason O’Mara) que, com sua família, viaja pelo tempo chegando ao período da pré-história.

Weeds – Lindsay Sloane (Sabrina, Aprendiz de Feiticeira) fará participação em seis episódios da sétima temporada da série, que poderá ser a última. Ela será Maxeen, o novo interesse romântico de Andy (Justin Kirk). A temporada estreia nos EUA no dia 27 de junho. Segundo o site do Showtime, a história será situada em Nova Iorque, três anos após os eventos ocorridos ao longo da sexta temporada.

04/04/2011

às 13:03 \ Atores Convidados

Novos Personagens

Merlin - O ator Nathaniel Parker (Inspetor Lynley) entrou para o elenco da quarta temporada desta produção inglesa. Ele interpretará Agravaine, tio de Arthur (Bradley James).

How I Met Your Mother – Michael Trucco (Battlestar Galactica e Fairly Legal, foto à esquerda) terá participações semiregulares na próxima temporada da sitcom da CBS, interpretando uma antiga paixão de Robin. Quem também estará nos novos episódios é Nazanin Boniadi, que volta a interpretar Nora. Ela será vista a partir do sesason finale que irá ao ar nos EUA no dia 16 de maio.

Covert Affairs – A nova temporada terá as participações semiregulares de Ben Lawson, de “The Deep End”, e Rena Sofer (foto acima), vista em “NCIS”. Ben será o Dr. Scott Weiss, que Annie conhece quando precisa levar sua sobrinha no hospital. Rena será Gina, ex-esposa de Arthur (Peter Gallagher), que volta a fazer parte de sua vida.

Entourage - O comediante Andrew Dice Clay (foto à direita), de “Bless This House” e “Histórias do Crime”, terá participações semiregulares na oitava e última temporada da série, que tem previsão de estreia nos EUA para o dia 24 de julho. Na história, ele será um dos dubladores do desenho “Johnny’s Bananas”, piloto de uma série animada na qual Johnny Drama (Kevin Dillon) dubla o personagem principal.

Hung – Stephen Amell (The Vampire Diaries), Analeigh Tipton e Kaitlin Doubleday (Grey’s Anatomy) terão participações semiregulares na terceira temporada desta produção da HBO. Stephen será Jason, um gigolô que se torna rival de Ray (Thomas Jane). Analeigh será Sandee, uma decoradora de bolos, noiva de Jason que está a par de seu trabalho. Já Kaitlin será Logan, ex-aluna de Ray, que se torna seu novo interesse romântico. Ela substitui a atriz Leven Rambin (Terminator: The Sarah Connors Chronicles”), originalmente contratada para dar vida ao personagem, mas que precisou se afastar da produção em função de conflitos de agenda.

How to Make It In America - As atrizes Nicole Laliberte e Gina Gershon (Rescue Me) terão participações semiregulares na série. Nicole será Lulu, dona de uma butique em Nova Iorque. O personagem de Gina não foi divulgado ainda.

Bored to Death – David Rasche, o ator que ficou conhecido na década de 1980 como Sledge Hammer, na série “Na Mira do Tira”, terá participação recorrente na terceira temporada interpretando Bernard Morse, um rival de George (Ted Danson), e neurótico com sua saúde.

The Big C - A segunda temporada da série terá a presença de Parker Posey (Justiça Sem Limites) e Hugh Dancy em participações recorrentes; já Alan Alda (Mash) será visto como ator convidado em um episódio. Parker será vista em quatro episódios dos 10 que serão produzidos. Ela será Poppy, uma mulher mais velha que se envolve com Adam (Gabriel Basso), filho de Cathy (Laura Linney). Hugh será visto em seis episódios, interpretando Lee, um paciente que, juntamente com Cathy, participa de seções experimentais no combate ao câncer. Já Alan Alda será o Dr. Atticus Sherman, um oncologista que atende Cathy.

09/09/2010

às 14:53 \ Televisão

HBO Brasil Prepara Transmissão Simultânea de True Blood e Hung

A HBO Brasil promete exibir simultaneamente com os EUA o último episódio da terceira temporada de “True Blood”, no próximo dia 12 de setembro, domingo. A estreia da temporada da série no Brasil ocorreu com duas semanas de diferença da dos EUA, que costuma reprisar episódios. No domingo passado, foi reprisado na TV americana o episódio “Fresh Blood”, que tinha sido exibido no dia da transmissão do prêmio Emmy. Resultado: o final da temporada será exibido nos EUA no mesmo dia em que foi programada a exibição na TV brasileira.

A HBO Brasil também anuncia o final da segunda temporada de “Hung” para o dia 12 de setembro, junto com a transmissão americana.

Para evitar problemas na tradução das legendas, a HBO Brasil recebeu com antecipação os roteiros dos últimos episódios das duas séries. Com isso, espera-se uma transmissão de legendas com a mesma qualidade dos episódios anteriores. Trata-se de uma ação inédita, visando o combate aos downloads, que bem poderia se tornar comum para todos os canais da TV paga.

Desde os anos 50 a exibição de produções estrangeiras na TV nacional conta com um intervalo entre a estreia nos EUA e no Brasil. Esse intervalo é conhecido como ‘janela’ e foi estipulado pelos próprios estúdios e distribuidoras. Esse atraso na estreia da produção no Brasil serviu, durante muitos anos, para que as casas de dublagem pudessem ter tempo de preparar a tradução, revisão, escalação de dubladores e gravação dos episódios, que eram (e ainda são) feitas em pacotes. O intervalo entre a estreia americana e a brasileira poderia levar de seis meses a vários anos, dependendo do sucesso de audiência da produção em seu país de origem ou dos acordos entre distribuição e canais.

Com a chegada da TV a cabo no Brasil, a legenda substituiu a dublagem. Não que ela não existisse na TV brasileira, mas não era comum. Por ser mais rápida e mais barata de ser feita, os canais a cabo optaram por essa alternativa, mesmo sabendo que pesquisas revelavam que o brasileiro, em sua maioria, preferia a dublagem. Com o tempo, a TV a cabo formou um público, que se acostumou a assistir às séries de TV com legendas. Tentando elevar o número de assinantes, alguns canais voltaram a optar pelo uso da dublagem, como é o caso da Fox, por exemplo. Novos canais também surgiram já trazendo a dublagem, como o Space ou Telecine Pipoca.

O uso da legenda pela TV a cabo fez diminuir a ‘janela’ das estreias na TV brasileira, chegando a um intervalo de dois, três ou quatro meses da exibição de uma série na TV americana.  Então surgiram os downloads, que vêm promovendo a ‘fuga de público’ da  TV a cabo. Os downloads são disponibilizados no mesmo dia da transmissão e as legendas em português ficam prontas com a diferença de dias. Se for um programa de muita audiência, ficam prontas em questão de horas.

Por isso, a TV a cabo se viu obrigada a diminuir a janela na exibição das séries entre EUA e Brasil. Acordos precisaram ser feitos entre estúdios, distribuidoras e canais para que essa opção se tornasse uma realidade. Atualmente, o intervalo entre a estreia americana e a brasileira pode chegar a uma semana.

Mas, ainda assim, não está sendo o suficente para combater a prática de download. Com isso, alguns canais começaram a optar pela transmissão simultânea com os EUA. Essa opção enfrenta a barreira do idioma. Sendo necessário produzir legendas em português, algumas transmissões simultâneas pecaram no uso da legenda em português de Portugal, ou mesmo o portunhol. Séries conseguem ter estreias simultâneas na Inglaterra e no Canadá em função do idioma. Para que isso ocorra no Brasil, é necessário investir na qualidade das legendas.

A iniciativa da HBO Brasil merece os parabéns, por ser uma alternativa viável para satisfazer o público, ansioso em assistir sua série favorita, e para os estúdios que produzem as séries, evitando, ou diminuindo a quantidade de downloads ilegais.

O preview abaixo contém spoilers.

01/09/2010

às 15:15 \ Séries Anos 2000-2009, Séries Renovadas

Hung é Renovada para a Terceira Temporada

O canal HBO anunciou esta tarde a renovação da série “Hung” para uma terceira temporada de 10 episódios, que serão exibidos em 2011.

Tendo estreado em 2009, “Hung” conquistou a média de 3 milhões de telespectadores. A segunda temporada estreou em junho registrando uma queda, mas mantendo-se em torno de 2.5 milhões de telespectadores.

Criada por Dmitry Lipkin, de “The Riches”, e Colette Burson, a dramédia é estrelada por Thomas Jane, ex-marido da atriz Patricia Arquette, de “Medium”. A história narra a luta de um treinador de futebol estudantil para driblar seus problemas econômicos prostituindo-se nas horas vagas. A segunda temporada já está em exibição pelo canal HBO Brasil.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados