Blogs e Colunistas

HBO Brasil

Trailers e fotos de ‘Psi’, nova série da HBO Brasil

A série Psi estreia no dia 23 de março. Informações sobre enredo e elenco aqui. Cliquem nas fotos para ampliar.

S1P-5

Fotos e trailer de ‘Destino: Rio de Janeiro’

Destino: Rio de Janeiro estreia esta noite, às 21h15, na HBO Brasil. Ela é a sequência de Destino: São Paulo, exibida pela HBO Brasil em 2012. Criada por Fábio Mendonça e Teodoro Poppovic, a série traz a proposta de mostrar em cada episódio a história de imigrantes vivendo no Brasil.

O episódio de estreia é O Grego e o Prático. Na história, um navio atraca no porto do Rio de Janeiro. A bordo está um capitão grego que, em visita ao Brasil, se apaixona por um carioca. O roteiro é de Felipe Braga e a direção é de Fábio Mendonça.  A produção é da O2 Filmes.

Confiram a lista dos demais episódios aqui e outras fotos aqui. Cliquem nas imagens para ampliar.

Fotos de ‘Destino: Rio de Janeiro’

Destino: Rio de Janeiro é o título da sequência de Destino: São Paulo, exibida pela HBO Brasil em 2012. Criada por Fábio Mendonça e Teodoro Poppovic, a série traz a proposta de mostrar em cada episódio a história de imigrantes vivendo no Brasil. São seis episódios que estreiam no dia 1º de dezembro. Confiram o enredo dos episódios aqui. Cliquem nas fotos para ampliar.

 

11/11/2013

às 15:08 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Brasil

HBO Brasil estreia ‘Destino: Rio de Janeiro’ em dezembro

DestinoRJ1

O canal HBO Brasil agendou para o dia 1º de dezembro a estreia de Destino: Rio de Janeiro, sequência de Destino: São Paulo, exibida em 2012. Criada por Fábio Mendonça e Teodoro Poppovic, a série traz a proposta de mostrar em cada episódio a história de imigrantes vivendo no Brasil.

A primeira temporada de Destino apresentou em seis episódios a vida de bolivianos, argentinos, chilenos, chineses, coreanos e judeus morando em São Paulo. Contando com a participação de atores amadores, a nova temporada mostrará em seis episódios a vida de recém chegados e de estrangeiros que passam pelo Rio de Janeiro ou fazem a escolha de morar na cidade. Entre eles romenos, japoneses e ingleses.

Os episódios são:

- Ileana Quer Casar, com direção de César Charlone e roteiro de Felipe Braga. O episódio mostra uma história situada no mundo do culto ao corpo e do universo dos fisiculturistas.

- Encontro de Takashi, que tem a direção de Fabio Mendonça e roteiro de José Belmonte. Na história, um navegador solitário e seu gato imaginário chegam na cidade do Rio de Janeiro. Este episódio contará com uma animação em 3D que contracena com os atores.

- Our New Best Friends, com roteiro de Pablo Padilha e Cris Gualda, no qual um grupo de ingleses chega no Rio de Janeiro. Em meio a golpes e estelionato, surge uma história de amor entre dois adolescentes.

Il Babbo e Il Capo conta a história de imigrantes italianos, com roteiro de Teo Poppovic e direção de Paulinho Caruso.

- O Grego e o Prático com direção de Fabio Mendonça e roteiro de Felipe Braga narra uma verdadeira tragédia grega no mundo dos marinheiros.

- The Rockstar is Back tem direção de Cesar Charlone e roteiro de Teo Poppovic. A história apresenta um astro da música pop que descobre ter um filho.

A produção é da O2 Filmes em parceria com a HBO.

‘O Negócio’ garante sua segunda temporada

A HBO Latin America anunciou a encomenda da segunda temporada de O Negócio. As filmagens dos novos episódios terão início este ano. A previsão de estreia é para 2014.

Criada por Luca Paiva Mello e Rodrigo Castilho, a série acompanha a vida de três prostitutas de luxo que decidem aplicar estratégias de marketing para aumentar a clientela.

Ao todo, a HBO Latin America já produziu oito séries brasileiras. O Negócio é a quinta que consegue chegar na segunda temporada. As demais foram  MandrakeFilhos do CarnavalAlice Destino: São Paulo (que terá uma segunda temporada com o título de Destino: Rio de Janeiro), sendo que a segunda de Alice é representada por dois episódios. Destas, apenas Mandrake teve dois episódios anunciados como terceira temporada. O canal também prepara Psi, que ainda não tem uma data de estreia anunciada.

Cliquem na foto para ampliar.

HBO Brasil estreia ‘O Negócio’

Elenco de 'O Negócio' (Fotos: HBO Brasil)

Esta noite, às 21h, o canal HBO estreia sua mais nova série brasileira. O Negócio, criada por Luca Paiva Mello e Rodrigo Castilho, tem treze episódios produzidos para sua primeira temporada.

A história acompanha a vida de três prostitutas de luxo (ou garotas de programa, como queiram). Karin (Rafaela Mandelli) é uma mulher de 31 anos que já está cansada de ser ludibriada por seu cafetão (ou booker, como queiram), Ariel (Guilherme Weber). Embora ainda não saiba como resolver o problema, ela sonha em se tornar independente e capaz de agendar seus próprios encontros, para que possa garantir sua aposentadoria.

Karin é amiga de Luna (Juliana Schalch), uma jovem de família de classe média alta que sonha em encontrar um homem rico com quem possa se casar. Neste meio tempo, ela frequenta a faculdade e faz programas à noite, arranjando seus encontros em um clube noturno. Sua família desconhece suas atividades. Tentando evitar especulações, Luna costuma levar um amigo nos almoços com a família, que se faz passar por seu namorado. As duas conhecem Magali (Michelle Batista, que entra no segundo episódio), uma jovem que veio do interior. Ingênua e imatura, vivendo dificuldades financeiras, ela oferece sexo em troca de favores.

Buscando os mesmos objetivos, as três se unem para aplicar estratégias de marketing, que elas tiram de livros dos grandes teóricos da área, para divulgar seu produto e conseguir clientes. Entre as ações que serão aplicadas estão Venda Casada, Reposicionamento de Marca, Fidelização e Focus Group. Esta série parece trazer os mesmos princípios de outra da HBO Brasil exibida em 2012. Em Preamar, temos um empresário que, após perder o emprego, começa a aplicar seu conhecimento de estratégias de marketing e administração no negócio informal de venda de sanduíches nas praias do Rio de Janeiro.

Segundo representantes do canal HBO em coletiva com a imprensa, O Negócio foi produzido para atrair o público masculino interessado em dois temas básicos: negócios e prazeres. O resultado não gera grandes expectativas. Ainda de acordo com os envolvidos com a produção, não há qualquer interesse em trazer para a série conflitos pessoais, familiares ou morais (com exceção daqueles que resultam da aplicação de alguma ação de marketing). Também não há interesse em discutir as motivações das personagens, que se tornaram prostitutas por opção.

Exibido para a imprensa, o piloto (que geralmente serve como uma introdução do que será visto na série) apresenta personagens sem personalidades que possam identificá-las como indivíduos. Elas são tipos que seguem à risca o caminho traçado pelos roteiristas, ou seja, estão programadas para falar e agir de forma a conquistar seus objetivos. Os personagens masculinos que giram em torno das protagonistas são objetos que cumprem a função de clientes, ou obstáculos que têm a função de serem transpostos.

Eliminando os conflitos pessoais, a série limita o potencial de desenvolvimento dos personagens, correndo o risco de se tornar apenas um guia de estratégias de marketing, apresentando um estudo de case por episódio. Algo que pode até ser interessante de ver na primeira meia dúzia de episódios, mas tornando-se repetitiva com o passar do tempo.

A série é uma produção da HBO Latin America em parceria com a Mixer, com direção de Michel Tikhomiroff. No elenco também estão João Gabriel Vasconscellos, como Augusto, um advogado mulherengo amigo de Karin; Gabriel Godoy, como Oscar, um rapaz que Luna tenta conquistar quando frequenta um curso para herdeiros; e Milhem Cortaz, como Renan, dono do clube noturno onde Luna arranja seus clientes.

Para atrair o interesse do telespectador, a HBO está com o sinal aberto neste final de semana nas operadoras SKY, NET, ClaroTV e Vivo.

Esta é a oitava série nacional oferecida pelo canal HBO, entre elas Mandrake, Filhos do Carnaval, Alice, Mulher de Fases, (fdp), Preamar Destino: São Paulo. Destas, Mulher de Fases, (fdp) e Preamar não conseguiram chegar à segunda temporada. O canal também prepara Psi, que ainda não tem uma data de estreia anunciada.

Cliquem nas fotos para ampliar.

HBO Brasil prepara ‘Psi’, nova série brasileira

Emílio de Mello é Carlo na série 'Psi'

Em coletiva de imprensa realizada esta manhã em São Paulo, o canal HBO Brasil anunciou a produção de Psi, nova série brasileira filmada em São Paulo. A produção tem como objetivo apresentar histórias que, sob a ótica de um psicanalista, fazem uma análise do comportamento e das personalidades do paulistano, que enfrenta constantemente as questões existenciais e morais do mundo moderno.

Criada por Contardo Calligaris, a série leva para a TV o personagem Carlo Antonini, psiquiatra, psicólogo e psicanalista que estrelou os romances Conto de Amor e A Mulher de Vermelho e Branco. Inquieto, curioso e sempre intervencionista, Carlo mantém uma visão crítica sobre todos que conhece, inclusive sobre ele mesmo.

Divulgada como drama, mas é possível que seja uma dramédia (drama com tons de comédia), a série acompanhará a vida de Carlo (Emilio de Mello) sem se restringir ao seu trabalho no consultório. Ao longo dos episódios, que terão histórias fechadas com um arco como pano de fundo, o público acompanhará a rotina de vida de Carlo e sua relação com a família, com os amigos e com os pacientes, bem como com as pessoas que ele encontra pelo caminho.

Acreditando que as patologias do ser humano são normais e que a normalidade é uma patologia sem graça, Carlo também revela várias facetas de sua personalidade, conforme reage às situações com as quais se envolve. Estas podem ser desde um jantar com uma bela jovem até a investigação de um assassinato.

Emílio e Bianca Vedovato, que interpreta a enteada de Carlo

A série tem início seis anos após as aventuras vividas por Carlo nos livros. Ao longo desse período, ele trabalhou com a organização Médicos Sem Fronteiras, onde conheceu Valentina (Cláudia Ohana), uma psicanalista que o estimula intelectualmente.

Novamente vivendo em São Paulo, ele faz amizade com Severino (Raul Barreto), um coveiro que trabalha no cemitério da Consolação, onde Carlo costuma ir sempre que busca um lugar tranqüilo para meditar. Formado em Filosofia, Severino é coveiro por vocação. Os dois compartilham o gosto pela música e o interesse em analisar o comportamento humano. Outro amigo de Carlo é o policial Roberto (Otávio Martins), que por vezes conta com o conhecimento do psiquiatra sobre o ser humano para resolver alguma questão em seu trabalho.

A família de Carlo é formada por sua ex-mulher Flávia (Aida Leiner) e seus dois enteados, Henrique (Igor Armucho) e Marina (Bianca Vedovato). No elenco também estão Camila Leccioli como Janaína, namorada de Henrique; e Victor Mendes, que interpreta Mark.

Com treze episódios encomendados para a primeira temporada, a série tem roteiros assinados por Calligaris e Thiago Dottori. A direção geral é de Marcus Baldini.

As filmagens já tiveram início em mais de noventa locações na cidade de São Paulo. A previsão é a de que elas encerrem no dia 19 de setembro, quando a série entrará em fase de pós-produção. Produzida pela HBO Latin America em parceria com as produtoras independentes Biônica Filmes e Damasco Filmes, a série ainda não tem uma data de estreia definida.

Cliquem nas fotos para ampliar.

Cláudia Ohana e Camila Leccioli

11/06/2012

às 15:48 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Brasil

HBO Brasil prepara mais duas produções nacionais

'Destino SP' (Foto O2/Cacá Meirelles)

A HBO continua preparando novas produções brasileiras para atender a lei que determina cota de conteúdo nacional na programação da TV paga. Destino: São Paulo O Negócio são os dois projetos que estão em fase de produção.

A primeira parece mais interessante que a segunda. Destino: São Paulo é uma minissérie ficcional em seis episódios criada e dirigida por Fábio Mendonça. A história acompanha o cotidiano de diferentes grupos de imigrantes que chegam na cidade de São Paulo em busca de uma vida melhor, mas seus sonhos enfrentam uma dura realidade. Cada episódio, com situações independentes, apresenta a história de um grupo: chineses, coreanos, latinos, bolivianos, africanos e judeus.

Contando com um elenco selecionado a partir de pesquisas realizadas junto aos diferentes grupos de imigrantes que fazem parte da história, a minissérie ainda está em fase de pós-produção, sem previsão de estreia.

O Negócio é uma produção criada por por Luca Paiva Mello e Rodrigo Castillo, ambos de Mothern. A história acompanha a vida de Karin (Rafaela Mandelli, de Sansão e Dalila e Fora de Controle), Luna (Juliana Schalch, vista em O Brado Retumbante) e Magali (Michelle Batista), três jovens sofisticadas que se unem para mudar radicalmente suas carreiras. Vivendo em São Paulo, cidade que concentra cerca de 60% dos milionários brasileiros, elas decidem exercer a profissão mais antiga do mundo. Adaptando os conhecimentos adquiridos na faculdade, elas aplicam ações de administração e marketing para aprimorar seu trabalho no mercado de sexo.

Com treze episódios encomendados para a primeira temporada, a série inicia as filmagens este mês com produção da Mixer em parceria com a HBO Latin America.

05/12/2011

às 19:47 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Brasil

HBO Brasil Anuncia Renovações de Séries Americanas

Enlightened

Em coletiva realizada esta tarde em São Paulo, a HBO Brasil anunciou alguns títulos que serão exibidos no canal em 2012. Entre eles, as novas temporadas de séries que ainda não tiveram o anúncio oficial feito nos EUA.

Segundo a HBO Brasil, as séries “How to Make It in America”, “Segura a Onda/Curb Your Enthusiasm”, “Bored to Death”, “Hung” e “Enlightened” já teriam garantido novas temporadas nos EUA e que o anúncio oficial deverá ser feito em breve pelo canal americano. As novas temporadas estão previstas para estrear no Brasil em 2012. Também retornam as séries “Boardwalk Empire”, “Game of Thrones”, “True Blood”, “Treme”, “The Big C” e “Mad Men”, que já tiveram suas renovações anunciadas nos EUA.

(ADENDO: no dia 20 de dezembro de 2011, o canal HBO americano desmentiu a informação divulgada pelo canal brasileiro, ao anunciar o cancelamento de “How To Make It in America”, “Bored to Death” e “Hung”. No mesmo dia, confirmou a renovação de “Enlightened”).

A HBO Brasil oficializou o cancelamento de “Alice“, visto que a protagonista está com um contrato de exclusividade com a Rede Globo, e o retorno de “Capadócia” e de “Mandrake“, ambas para sua terceira temporada, sendo que “Mandrake” terá apenas dois episódios especiais. O canal ainda não garantiu as novas temporadas de “Prófugos” e de “Mulher de Fases” mas, segundo a HBO, as negociações já estão em andamento.

Entre as novas séries que estreiam pela HBO Brasil em 2012 estão “Luck”, “Veep”, “Girls” e “House of Lies“. O pacote de séries latino americanas também ganha dois novos títulos: “FDP” e “Preamar”.

Lucké a série que trará Dustin Hoffman de volta à TV. Tendo iniciado carreira no teatro, Dustin estreou na TV na década de 1950 participando de teleteatros e de episódios de séries, como “Cidade Nua”, “Os Defensores” e “As Enfermeiras”. A série “Luck” é a primeira na qual ele faz parte do elenco fixo. Criada por David Milch, de “Deadwood”, a história acompanha os bastidores das corridas de cavalos.

Veep” é a nova série de Julia Louis-Dreyfus, de “Seinfeld” e “The New Adventures of Old Christine”.  Criada por Armando Iannucci, autor da excelente sitcom política inglesa “The Tick of It“, a série retrata a vida de uma Senadora que se torna Vice-Presidente sem ter qualquer preparo para isso.

Dustin Hoffman

Girls” é outra produção da HBO americana ainda inédita, que teve sua produção anunciada em janeiro. Criada e estrelada por Lena Dunham, a sitcom, segundo a HBO Brasil, segue a linha de “Sex and the City”, acompanhando os altos e baixos, triunfos e humilhações vividos por um grupo de mulheres na faixa dos vinte e poucos anos.

As três produções têm previsão de estreia nos EUA para os meses de janeiro e fevereiro. No Brasil, ainda não foi agendada uma data.

Entre as novas séries americanas divulgadas, “House of Lies” é a única que não pertence à HBO americana. Tal qual “The Big C”, a série é do canal Showtime, com previsão de estreia nos EUA para o mês de janeiro. Também sem data prevista para iniciar carreira no Brasil, “House of Lies” é estrelada por Don Cheadle e Kristen Bell, entre outros.

Adaptada por Matthew Carnahan (Dirt) da obra de Martin Kihn, a história apresenta Marty Kaan, um homem inescrupuloso que comanda uma empresa de consultoria. Seu lema é usar qualquer pessoa ou manipular qualquer situação para satisfazer seus clientes. Mas ele não é o único nesse negócio. Na verdade não é nem o melhor, já que a empresa de sua ex-esposa é considerada a número um.

Para 2012 a HBO Latin America prepara duas novas séries brasileiras. A primeira é “FDP“, sigla do nome pelo qual o torcedor costuma chamar o juiz de um jogo de futebol. A história acompanha a vida de um árbitro de futebol que apita os jogos da taça Libertadores da América. A série é uma produção da Pródigo Filmes, com 13 episódios encomendados para a primeira temporada, que tem previsão de estreia para o mês de março.

Já “Preamar” é uma produção da Pindorama Filmes, com roteiro de Estevão Ciavatta, Patrícia Andrade, Jô Hallack e William Vorhees. A história narra a vida de um executivo que, após perder o emprego em um banco, inicia um negócio informal nas praias do Rio de Janeiro. Com 13 episódios, “Preamar” tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2012.

Assim que informações mais detalhadas sobre as produções forem disponibilizadas, publicarei postagens específicas sobre as novas séries brasileiras.

"House of Lies"

Estreias de Hoje no Brasil

Várias séries fazem suas estreias hoje no Brasil, a maioria pelo canal FX, que desde o dia 1 de agosto passou a oferecer opção de áudio original e dublado. O problema é que o canal ainda não está oferecendo legendas em português para quem escolher o áudio original. De qualquer forma, vejam quais as séries que estreiam hoje (confiram os horários alternativos na grade de cada canal).

Terriers (FX – 11h)

Criada por Ted Griffin e Shawn Ryan, “Terriers” estreou pelo FX americano em setembro de 2010, sendo cancelada em sua primeira temporada, que teve 13 episódios produzidos.

Divulgada como uma espécie de Butch Cassidy e Sundance Kid moderno, a série se apóia na relação de amizade entre  Hank Dolworth (Donal Logue), um policial que foi afastado do trabalho por ser alcoólatra, e Britt Pollack (Michael Raymond James), um ladrãozinho que arrombava residências. Juntos, eles formam uma agência de detetives, sem licença para trabalhar. Assim, a dupla se vira com pequenos casos que a polícia deixa de lado por considerá-los insignificantes.

No elenco também estão Jamie Denbo, Rockmond Dunbar, Kimberly Quinn e Laura Allen, entre outros.

Opinião: uma série gostosa de acompanhar, pena ter sido cancelada tão cedo. Bom desenvolvimento de personagens, que facilmente dominam a série e conseguem despertar o interesse do telespectador em acompanhar as investigações de casos corriqueiros e sem graça. A amizade entre os dois vai além dos diálogos engraçados que sustentam uma relação superficial tão explorada pela maioria das séries que lidam com o mesmo tema. A forma como eles encaram a vida e se relacionam com terceiros é que dá o tom de “Terriers”. A primeira metade da temporada explora mais a personalidade de Hank e sua história, sendo que a segunda metade dedica-se a mostrar quem de fato é Britt. No entanto, nenhum dos personagens é abandonado quando o outro está com o foco das atenções.

Confiram outras postagens sobre a série aqui.

Jennifer Beals em The Chicago Code

The Chicago Code (FX – 12h)

Também criada por Shawn Ryan a série estreou nos EUA em fevereiro deste ano, sendo cancelada com apenas 13 episódios produzidos.

A história acompanha os trabalhos de Teresa Colvin (Jennifer Beals), a primeira mulher a se tornar superintendente da polícia de Chicago. Escolhida por Alderman Ronin Gibbons (Delroy Lindo), político que acredita poder manipulá-la, Teresa assume a missão de implementar mudanças que poderão levá-la a eliminar a corrupção policial. Sua decisão não é bem recebida pelas gangues da cidade, nem tampouco pelo sindicato dos policiais, muito menos pelos políticos.

Assim, quando um pedido seu para criar uma equipe especial é negado, ela apela para a ajuda de Jarek Wysocki (Jason Clarke, de “Brotherhood”), seu ex-parceiro e uma lenda no departamento de polícia, e Caleb Evers (Matt Lauria, “Friday Night Lights”), novo parceiro de Jarek. Em paralelo ao trabalho oficial do dia a dia os dois têm a missão não-oficial de desencavar informações e provas que possam expor a corrupção local.

Opinião: ao contrário de “The Shield”, série criada por Ryan e produzida para a TV a cabo, que também lida com o tema da corrupção, “The Chicago Code” se perde em um desenvolvimento fraco de roteiros, personagens e diálogos, transformando a produção em uma caricatura de séries que já trabalharam o mesmo tema.

Mais informações sobre a produção de “The Chicago Code” aqui.

Neighbors From Hell (FX – 13h)

Esta é uma série animada criada por Pam Brady, de “South Park”, com base em uma ideia de Jeffrey Katzenberg, da DreamWorks. A primeira temporada tem 10 episódios produzidos.

Na história, Satã descobre que a empresa Petromundo, um grande conglomerado, construiu uma super furadeira que poderá passar pelo centro da Terra, chegando ao Inferno. Ele então decide enviar um de seus demônios à Terra com a missão de destruir a furadeira.

O escolhido é Balthazar, um torturador incompetente, mas com um profundo conhecimento sobre a natureza humana, graças às centenas de horas que ele passou em frente à TV assistindo às sitcoms clássicas.

No elenco de vozes estão Will Sasso, Molly Shannon, David Soren, Tracey Fairaway, Patton Oswalt, Kyle McCulloch, Kurtwood Smith e Dina Walters, entre outros. A atriz Jane Lynch (Glee) teve participação especial em um episódio interpretando uma maníaca sexual.

Confiram aqui outras postagens publicas sobre a série.

Carlos (HBO – 22h)

Esta é uma produção do Sundance Channel em parceria com as francesas Studio Canal e Film En Stock, já exibida fora da competição no Festival de Cannes de 2010, dividindo a crítica.

Escrita e dirigida por Olivier Assayas, a minissérie é situada na década de 1970. A história traça um panorama das ações terroristas de Carlos, o Chacal, cujo nome verdadeiro é Ilich Ramirez Sanchez. Utilizando várias identidades, ele foi capaz de orquestrar e colocar em prática dezenas de ataques terroristas que tiveram repercussão internacional.

Iniciando suas atividades com ataques terroristas em Londres, o venezuelano Carlos muda-se para a França, onde passa a executar várias missões como membro da Frente Popular Para a Libertação da Palestina. Sua fama tem início em 1975, quando consegue penetrar em uma reunião da OPEP — Organização dos Países Exportadores de Petróleo, realizada em Viena. Mantendo 70 reféns, entre eles 11 membros da Organização, Carlos negocia com o governo da Áustria, que lhe oferece salvo conduto. Ao libertar os membros da OPEP, Carlos provoca a revolta do grupo terrorista.

Falada em diversos idiomas, a minissérie, em três episódios de longa duração, traz em seu elenco os atores Edgar Ramírez (Carlos), Alexander Scheer (Johannes Weinrich), Nora von Waldstätten (Magdalena Kopp), Christoph Bach( Hans-Joachim Klein), Ahmad Kaabour (Wadie Haddad), Susanne Wuest (Edith Heller), Anna Thalbach (Inge Viett), Julia Hummer (Gabriele Kröcher-Tiedemann).

Opinião: a trama se desenvolve sob o ponto de vista dos terroristas utilizando uma linguagem narrativa informativa. As opiniões contrárias não se fazem presentes de forma significativa para que se possa desenvolver embates ideológicos. Governos se colocam à mercê de Carlos sem que o roteiro desenvolva as razões que os levaram a fazer isso. Embora mencione fatos, nomes e posicione personagens, a minissérie é praticamente um ‘monólogo’ sobre as ações terroristas de Carlos e seu grupo. Visto que não há um desenvolvimento psicológico profundo, a história limita-se a acompanhar as atividades do grupo e suas justificativas, constantemente verbalizadas. A versão cinematográfica pode ter sido melhor recebida por ter um tempo de duração muito menor, apenas 140 minutos, enquanto que a minissérie traz 330 minutos.

Mais informações sobre a produção aqui.

The Borgias (TCM – 22h)

Esta série foi originalmente divulgada como uma estreia do canal I.Sat, também do grupo Turner, mas em abril passou a ser anunciada como parte do pacote de séries do TCM.

Com nove episódios produzidos para sua primeira temporada, “The Borgias” já foi renovada pelo Showtime para sua segunda temporada, com 10 episódios, prevista para 2012.

Criada por Neil Jordan, a série é estrelada por Jeremy Irons (Rodrigo), Holly Grainger (Lucrécia), François Arnaud (Cesare Borgia), David Oakes (Juan Borgia), Joanne Whalley (Vanossa, esposa de Rodrigo), Colm Feore (Cardial Giuliano Della Rovere) e Sir Derek Jacobi (Cardeal Orsini)

Situada na Itália do Século XV, a história acompanha os membros da família Borgia, encabeçada por Rodrigo, um homem ambicioso e sem escrúpulos, que consegue se eleger Papa.

Opinião: A história da família é traçada por lutas pelo poder, traições, adultérios, incesto, corrupção e assassinatos. Infelizmente, a trama da série se restringe a isso. Em nenhum momento são desenvolvidas situações que trabalhem embates ideológicos, religião ou fé. O papado e a igreja se fazem presentes de forma figurativa. A trama poderia ser situada em qualquer outro ambiente que não faria diferença. Atores que interpretam Cardeais são meramente figurantes que desfilam pelo cenário e olham para Rodrigo sempre que ele abre a boca para fazer algum discurso. O único que se ergue contra Rodrigo é o Cardeal Giuliano Della Rovere (Feore), que tem uma postura que não se sustenta pela igreja ou pela fé, mas pela ambição, tal qual seu oponente.

Vejam outras postagens sobre a série aqui.

Andy Whitfield em Spartacus

Spartacus (FX – 22h)

A série estreou no Brasil em agosto de 2010 pelo canal Globosat HD, que também exibiu a minissérie “Spartacus: Gods of the Arena”. Esta minissérie, que traz uma história paralela à de Spartacus, foi encomendada pelo canal Starz quando o ator Andy Whitfield foi diagnosticado com câncer, o que fez com que a produção da segunda temporada da série para 2011 fosse adiada. No entanto, seu estado de saúde o obrigou a deixar o elenco, sendo substituído por Liam McIntyre, que passará a interpretar Spartacus a partir da segunda temporada, que tem estreia prevista para janeiro de 2012, nos EUA.

Com produção de Rob Tapert, Sam Raimi e Joshua Donen, “Spartacus” tem 13 episódios produzidos para sua primeira temporada. Filmada na Nova Zelândia, a série acompanha a história de Spartacus, ou Espártaco (Andy Whitfield), guerreiro capturado e vendido como escravo, que se torna um gladiador na arena de Batiatus (John Hannah) e sua esposa Lucrécia (Lucy Lawless).

Também no elenco estão Erin Cummings  (Sura), Peter Mensah (Doctore), Manu Bennett (Crixus), Antonio Te Maioha (Barca), Craig Parker (Glaber) e Nick E. Tarabay (Ashur), entre outros.

O FX apresentará essa série em sua versão original com legendas em português. Não será oferecida a versão dublada.

Opinião: trata-se de uma série de aventura e entretenimento que explora a violência e o sexo como principais ingredientes. Quem tiver interesse poderá conferir minha opinião sobre a primeira temporada aqui.

Confiram aqui as postagens já publicadas sobre a série.

Hoje também estreia pelo canal Universal a segunda temporada de “Rookie Blues“, que irá ao ar a partir das 19h. Acompanhem o nosso Calendário de Estreias.

Cliquem nas imagens para ampliar.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados