Blogs e Colunistas

25/12/2010

às 16:32 \ Por Onde Andam?

Por Onde Anda o Elenco de Cimarron Strip?

Elenco de "Cimarron Strip": Percy Herbert (E), Stuart Whitman, Jill Townsend e Randy Boone (Foto CBS/Arquivo)

A série foi um dos muitos faroestes produzidos para a TV americana. Exibida pela CBS entre 1967 e 1968, “Cimarron Strip” teve apenas uma temporada com 23 episódios, de 90 minutos de duração cada.

A história acompanhava a vida de Jim Crown (Stuart Whitman), responsável por manter a ordem  no território entre Oklahoma e Kansas, conhecido como Cimarron Strip.  Dominada por fazendeiros, que lutavam para acabar com os roubos de gado, a região vivia em constante clima de guerra.

Crown também era responsável por manter a paz na cidade de Cimarron, que constantemente recebia forasteiros, muitos apenas de passagem. Para ajudá-lo, ele contava com o apoio de dois delegados, que trabalhavam meio período: MacGregor (Percy Herbert), um escocês, e Francis (Randy Boone), um fotógrafo.

Na cidade também vivia Dulcey Coopersmith (Jill Townsend), jovem gerente do hotel local onde Crown vivia. Apaixonada por ele, Dulcey jamais foi correspondida. Por ser muito jovem, Crown a via apenas como sua irmã mais nova.

Bem recebida pela crítica da época, a série não conseguiu conquistar público, já desgastado com tantas produções de faroeste. De todos os atores do elenco, apenas Stuart Whitman manteve seu nome conhecido nos EUA. Mas por onde eles andam?

Stuart Whitman está com 82 anos. O ator já era conhecido quando estrelou a série. Em 1961, chegou a ser indicado ao Oscar por “The Mark”. Com o cancelamento de “Cimarron Strip”, Stuart entrou no circuito de participações especiais. Esteve em “Galeria do Terror”, “São Francisco Urgente”, “Os Novos Centuriões”, “Cannon”, “SWAT”, “A Ilha da Fantasia”, “Caixa Alta”, “Retrato Falado”, “Tiro Certo”, “Carga Dupla”, “Assassinato por Escrito” e “Walker, Texas Ranger”.

Entre 1988 e 1992, interpretou  o pai de Clark Kent na série “Superboy”.  Seu trabalho mais recente é datado de 2000, com o telefilme “O Homem do Presidente”.

Stuart casou-se três vezes. Entre 1952 e 1966 foi casado com Patricia LaLonde, com quem teve quatro filhos. Entre 1966 e 1974, foi casado com Caroline Boubis, com quem teve um filho. Um de seus filhos, Tony, é assistente técnico, tendo trabalhado na equipe de produção de séries como “Felicity” e “Medium”, entre outras.

Atualmente, Stuart está casado com Julia Pardize, de origem russa, 46 anos mais nova que ele. Os dois se conheceram em uma festa de casamento. Em 2004, passaram a viver juntos. Em dezembro de 2005 ficaram noivos. A cerimônia de casamento ocorreu em março de 2006.

Em paralelo à sua carreira de ator, Stuart investiu no mercado imobiliário, acumulando uma fortuna. Em função disso e das oportunidades cada vez mais raras para sua idade no mercado do entretenimento, Stuart afastou-se da carreira, sendo visto em público em eventos.

Randy Boone já tinha trabalhado nas séries “It’s a Man’s World” e “O Homem de Virgínia” antes de entrar no elenco de “Cimarron Strip”. Também fez participações especiais em “Além da Imaginação”, “A Caravana”, “Alfred Hitchcock Apresenta”, “Lassie”, “Emergência”, “Kolchak” e “Kung Fu”.

Sobrinho do cantor Pat Boone, Randy deixou a carreira de ator no final da década de 1980 para dedicar-se à música. Como cantor country, apresenta-se em shows e festivais no interior dos EUA, além de participar das convenções relacionadas à série “O Homem de Virgínia”. Randy está com 68 anos.

A atriz Jill Townsend tinha feito poucos trabalhos na TV quando entrou para o elenco de “Cimarron Strip”. Teve participações em “A Garota da UNCLE”, “Um Caso de Família”, “James West”, “O Homem de Virgínia”  “Têmpera de Aço”.

Depois que “Cimarron Strip” foi cancelada, Jill mudou-se para a Inglaterra, onde teve participações em séries como “The Prossecutor”, “Espaço: 1999″, “Sweeney – Os Especiais” e “Poldark”.

Segundo sua biografia oficial, Jill afastou-se da carreira de atriz em 1979, quando formou-se em jornalismo. Especializada em economia, manteve uma coluna no jornal The Daily Mail. Preocupada com o meio ambiente, Jill passou a se dedicar a causas ambientais, chegando a concorrer a cargos públicos enquanto esteve na Inglaterra. Mas, por ser americana, não poderia ser eleita.

Assim, Jill retornou aos EUA onde estudou os aspectos ambientais na política internacional, em curso oferecido pela University of Surrey. No início da década de 1980, Jill trabalhou como professora assistente da Faculdade de Direito da Harvard University.

Morou na Suíça nos anos de 1980, onde foi membro da diretoria da The Foundation for International Conciliation, sediada em Genebra, que tem como objetivo auxiliar as negociações internacionais entre países. A área de Jill foram os países do Oriente Médio, Ásia e África. Em 1989 voltou a morar nos EUA onde trabalhou com várias instituições. Desde 1993 é diretora da Leadership Directories, Inc.

Entre 1971 e 1977 foi casada com o ator escocês Nicol Williansom, com quem teve um filho. Atualmente é casada com Robert Sorel, com quem vive em Ojai, próxima a uma comunidade indigena, adotando os costumes do local. Jill também criou uma escola para atender a tribo Tuareg, além de ajudar a fundar o Conselho das Avós. Jill Townsend-Sorel está com 65 anos.

O ator Percy Herbert faleceu em 1992 aos 72 anos, vítima de parada cardíaca. Conhecido por seus trabalhos no cinema, com filmes como “Os Canhões de Navarone”, “O Grande Motim” e “A Ponte do Rio Kwai”, Percy chegou à TV inglesa na década de 1950, trabalhando em séries e teleteatro. “Cimarron Strip” é a única série americana da qual fez parte do elenco. Com seu cancelamento, o ator voltou para a Inglaterra onde continuou sua carreira.

___________
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

17 Comentários

  1. Francisco

    -

    15/09/2014 às 21:49

    Digitei Abertura de Cimarron Strip no youtub e vejam só, voltei no tempo qdo tinha apenas 6 anos e moravamos numa pequena chácara do interior paulista, sentavamos todos na sala,com meus falecidos pais (ele 1990 e mamãe 2011) p/ assistir Cimaarron, seriado q todos adoravam , buscando + informações encontrei vc, Obrigado por trazer de volta um dos momentos + felizes de minha vida, msm q seja c/ uma lágrima nos olhos. Parabéns…

  2. Celso Antônio de Almeida

    -

    08/02/2014 às 17:33

    É o melhor seriado de western, costumava assistir no nosso vizinho, naquela época, década de 60, poucos tinham televisão, consegui comprar 9 episódios na internet, quero adquirir os 23 episódios, se alguém souber, por favor, manda um emal

  3. Marcos

    -

    07/01/2014 às 18:57

    Quanta saudade!!! Belo seriado!

  4. Creusa Morassutti

    -

    04/09/2013 às 23:22

    Olá Fernanda,parabens pelo seu trabalho.Voce me fez voltar a minha infancia quando eu assistia Cimarrom, o melhor seriado de faroeste que ja vi principalmente por causa do ator Stuart Whitman como o delegado Jim Crowm.Ele é lindo.Adoro ele até hoje. Beijos e obigada.

  5. Jorge Luiz de Oliveira

    -

    16/05/2013 às 1:21

    Muito bom,saudade faz bem a saude.

  6. Marco A. Suart

    -

    15/05/2013 às 22:19

    Sem duvida, o melhor seriado no genero western, muita saudade, constumava assistir com meu pai,muita saudade de ambos…

  7. Maria Cristiana

    -

    10/10/2012 às 21:42

    Minha série favorita dos anos 60 no gênero western, para mim foi a melhor. E, respondendo a ted godoy, eu também estou procurando os dvds, mas parece que não foram lançados no Brasil, infelizmente. No youtube tem alguns episódios que dá para acompanhar. Eu também gostaria de adquirir os box. São 23 episódios ao todo, mas vale a pena. Nota 10 para a série.

  8. tedi godoy

    -

    13/06/2012 às 20:13

    cimarron é o que há em materia de seriados antigos, faz parte de minha infancia, saberiam me dizer onde encontro dvd dos epsódios para comprar, desde já, grato.

  9. maria isabel lacerda

    -

    15/03/2012 às 17:28

    sou fã do seriado gostaria de saber mais sobre o elenco parece que voltei no tempo

  10. PAULO BAENA

    -

    01/03/2012 às 0:22

    SIMPLESMENTE DEZ!

  11. Jussara marinho

    -

    22/12/2011 às 19:36

    ADORO STUART WHITMAN!!! Não tenho palavras!

  12. Jussara marinho

    -

    22/12/2011 às 19:33

    CIMARRON marcou minha meninice de forma encantada. Gosto do Stuart Whitman até hoje. Pena uma temporada apenas.

  13. paulo amaro junior

    -

    03/09/2011 às 12:29

    Grande trabalho que você esta fazendo. Revivendo essas séries maravilhosas. Sou grande fã de séries antigas. E Cimarron é uma delas. Daniel Boone, é uma que gostaria de que vc comentasse, incluindo o guia de episódios em português. Certa vez fiz um contato com vc, por tel. Era no tempo da TV Land. Esta faltando alguns episódios da minha coleção de LANCER, NÁ ÉPOCA VC FICOU DE ME INDICAR UMA CONHECIDA SUA QUE TINHA. ainda pode me dar essa indicação?

  14. Arnaldo Amieiro

    -

    22/06/2011 às 19:35

    Oi Fernanda.
    Adorei as informações, Você esta de parabéns.
    Adorava esta série, que embalou minha juventude.
    A trilha de abertura não me sai da cabeça e graças a esse mundão que é a internet te descobri e estou muito grato. Obrigado por você existir.
    Sabe onde posso acessar os episódios de preferência dublados?

    Muito obrigado
    Arnaldo.

  15. Alex Gonçalves

    -

    29/12/2010 às 17:29

    Olá, Fernanda.

    Não sou muito sintonizado em séries televisivas, mas sempre dou uma passadinha por aqui para checar as novidades. Parabéns pelo belo trabalho.

    Como sou novinho (20 anos), gostaria muito de saber por onde anda o elenco central de “Blossom”, seriado que acompanhava na tevê aberta nos anos 1990.

    Beijos!

  16. Carlos Dias

    -

    27/12/2010 às 16:12

    Esta foi para mim uma boa série de faroeste pena que não emplacou,ficou marcante sua abertura com a ator Stuart Whitman cavalgando de um close para plano panoramico através de uma tomada aerea, sem contar com a excelente musica de abertura composta por Maurice Jarre. Acredito que seja o unico tema que Jarre tenha composto para um seriado de tv, estou certo Fernanda ?

    Resposta - Oi Carlos! Em termos de tema de abertura, acredito que sim. Abs.

  17. Rubens Ewald filho

    -

    26/12/2010 às 10:01

    Ola, Fernanda, parabens pelas materias nostalgicas.. alias por tudo que tem escrito, de que é de primeira linha.. excelente pesquisa, texto claro e principalmente muita informação.. Fico feliz com seu trabalho! abração
    Rubens Ewald

    Resposta – Muito obrigada pelo carinho Rubens!! Fico feliz em saber que estou conseguido ajudar os fãs a ter mais informações sobre suas séries e atores favoritos!!! :D

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados