Blogs e Colunistas

25/10/2014

às 1:03 \ Minisséries, Versão Televisiva

Elenco de ‘Childhood’s End’ começa a se formar

Charles Dance (Foto: Vera Anderson/Wireimage)

Charles Dance (Foto: Vera Anderson/Wireimage)

Anunciada em setembroChildhood’s End é uma minissérie em seis episódios adaptada por Matthew Graham (Life on Mars) da obra de Atrhur C. Clarke, publicada em 1953. Considerado um dos melhores trabalhos do escritor, o livro surgiu do conto Guardian Angel, escrito em 1946.

Na história, os Overlords, uma raça alienígena, chega à Terra colocando um fim em todas as guerras. Intelectual, tecnológica e militarmente superior aos humanos, a raça, de forma pacífica, consegue reconstruir a sociedade, transformando a Terra em um planeta quase utópico. No entanto, neste processo, os humanos perdem sua identidade cultural.

Segundo a revista EW, o ator Charles Dance (Game of Thrones) interpretará Karellen, embaixador dos Overlords, que faz contato com a Terra através de Ricky Stormgren, ganhando rapidamente a confiança dos humanos. No entanto, sua insistência em lidar apenas com Ricky e de não revelar sua verdadeira aparência faz com que algumas pessoas questionem suas verdadeiras intenções.

Produzida por Akiva Goldsman e Mike DeLuca, com direção de Nick Hurran (Sherlock), a minissérie tem previsão de estreia para 2015, pelo canal SyFy.

A produção é da Universal Cable Productions.

25/10/2014

às 0:12 \ Minisséries

Starz transforma ‘Flesh and Bone’ em minissérie

S1FAB-3

Sarah Hay em ‘Flesh and Bone’ (Foto: Starz)

Em janeiro, o canal Starz anunciou a encomenda de oito episódios para a primeira temporada de Flesh and Bone. Esta é uma série criada por Moira Walley-Beckett e Lawrence Bender, ambos de Breaking Bad, que foge do perfil do canal, geralmente voltado para dramas de aventura e fantasia.

Flesh and Bone é uma história que explora os bastidores do balé e as dificuldades das jovens bailarinas de se enquadrarem neste universo.

Pela política do canal, suas séries têm o prazo de duas temporadas para se estabelecer na audiência. No entanto, ao conferir os oito episódios produzidos para Flesh and Bone, os executivos do canal consideraram que não seria possível renovar a série.

Em nota divulgada ao Deadline, o Starz informa que a história não dá muita margem para uma continuação, comparando-a a um filme com oito horas de duração. Além disso, sendo estrelada por bailarinas de verdade, a produção de uma série teria dificuldades de acomodar a agenda de cada uma.

Assim, o canal optou por transformar a série em uma minissérie. Nenhuma cena a mais será filmada, visto que os roteiros originais já oferecem uma situação que serve como conclusão satisfatória da trama proposta.

Ainda sem uma data de estreia anunciada, Flesh and Bone conta a história de Claire (Sarah Hay), uma jovem bailarina com um passado difícil, que se une a uma companhia de balé de prestígio em Nova Iorque.

A companhia está sob o comando de Paul Grayson (Ben Daniels, de House of Cards), um brilhante diretor artístico de temperamento instável, que conta com a ajuda de Mônica (Vanessa Aspillaga, de Law & Order), sua assistente de direção.

Claire divide um apartamento com Mia (Emily Tyra, de Boardwalk Empire), também bailarina. No condomínio ainda vive Romeo (Damon Herriman, de Justified), um homem que arranjou um lugar para dormir no teto do prédio.

No elenco também estão Josh Helman (The Pacific), como Bryan, um ex-militar que retorna aos EUA sofrendo de transtorno de estresse pós-traumático; Irina Dvorovenko como Kira, Sascha Radetsky como Ross; Raychel Diane Weiner como Daphne, e Marina Benedict(Torchwood) como Toni, todas bailarinas. A coreografia é de Ethan Stiefel.

24/10/2014

às 23:42 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Canceladas

‘Manhattan Love Story’ está cancelada

S1MLS-Elenco1

A rede ABC decidiu tirar a série Manhattan Love Story do ar com apenas quatro episódios exibidos. Em seu lugar, serão apresentados novos episódios de Selfie. Esta é a primeira série oficialmente cancelada da Fall Season de 2014.

Criada por Jeff Lowell (The Drew Carey Show), a história apresenta a vida de Dana ( Analeigh Tipton, de Hung) e Peter (Jake McDorman, de Shameless, Greek), um jovem casal no início de sua relação. A cada episódio, os diálogos são intercalados com a voz em off dos personagens, que representam seus pensamentos.

Dana é uma recém chegada do Sul, decidida a fazer sua vida em Nova Iorque no ramo editorial. Por fora, ela é ambiciosa, apaixonada e confiante. Por dentro, ela é insegura, odeia seus tornozelos e tem certeza de ter dito a coisa errada no momento errado. Ela vive temporariamente com sua amiga da faculdade, Amy (Jade Catta-Preta) e o marido dela David (Nicolas Wright, de Accidentally On Purpose). Um casal perfeito, assim parece. Eles arranjam para Dana um encontro com Peter, irmão de David. O encontro não sai lá essas coisas, mas com a insistência dos amigos e da família de Peter, eles tentam de novo.

Perdendo público a cada semana, a série registrou a média de 3.3 milhões de telespectadores, com 1% do público alvo ao vivo. Em seu primeiro episódio, Manhattan Love Story conquistou cerca de 4.7 milhões de telespectadores, com 1.5% entre o público alvo. Mas o último episódio exibido registrou meros 2.6 milhões, com 0.7% entre o público alvo ao vivo.

A série é uma produção da ABC Studios em parceria com a Brillstein Entertainment Partners.

24/10/2014

às 17:33 \ Pilotos de Séries, Remakes, Versão Televisiva

Novos projetos e pilotos – Outubro de 2014 – Parte 8

'A Turma do Archie'

‘A Turma do Archie’

ABC

Totally Illegal – Projeto de Lee Aronsohn (Two and a Half Men), Kelly Slattery e Marcus Wiley. Inspirado na vida de Slattery, o projeto apresenta a história de uma canadense que se sai de sua cidade rural para morar como imigrante ilegal nos EUA. Lá, ela é acolhida por uma família americana de origem mexicana.

Projeto de Paul, Lieberstein e Tannenbaum – Desenvolvido pelo jogador de basquete Chris Paul, em parceria com o roteirista Warren Lieberstein e os produtores Eric Tannenbaum e Kim Tannenbaum, o projeto é uma sitcom familiar inspirada na vida de Paul. A história gira em torno de dois irmãos que trabalham no posto de gasolina do avô na Carolina do Norte. Acreditando nos valores tradicionais, o avô tenta influenciar a educação dos netos, que recebem da mãe uma educação mais politicamente correta. A produção é da CBS TV Studios.

Mr. Chris – Projeto de Greg Garcia (The Millers) e Chris Case. Trata-se de uma comédia que gira em torno de Chris, um jovem que sempre foi sustentado pelo pai. Mas, quando o pai decide cortar sua mesada, Chris se vê obrigado a buscar abrigo na casa de um operário e sua família, que irão lhe mostrar outros aspectos da vida. A produção é da CBS TV Studios em parceria com a Amigos de Garcia Productions.

St. Lucy’s Home for Girls Raised by Wolves – Projeto de Jenny Bicks (The Big C) e Channing Powell (The Walking Dead), que adapta a obra de Karen Russell. O livro de Russell reúne dez contos com características sobrenaturais. No projeto, a história gira em torno da vida de Claudette e Felix, gêmeos adolescentes que vão morar em um internato, na pequena cidade de Green Hills, no Maine. Lá, a atitude dos dois misteriosos irmãos transforma a rotina do local. A produção é da 20th Century Fox.

em 'Silk' (Foto: BBC/Arquivo)

Maxine Peake em ‘Silk’ (Foto: BBC/Arquivo)

Silk – Projeto de Peter Moffat e Marty Scott (Drop Dead Diva) que adapta a série britânica criada por Moffat. A produção original teve um total de três temporadas e dezoito episódios. A história acompanha os trabalhos de Martha Costello, uma advogada idealista e determinada que luta para defender seus clientes e se estabelecer profissionalmente. A produção é da ABC Studios em parceria com a BBC Worldwide Productions.

Family Practice – Projeto de Dan Fogelman (The Neighbors) e Simon Stephenson. Pelo contrato, o canal é obrigado a encomendar a produção de um episódio piloto para avaliação. Trata-se de mais um drama médico no qual é apresentada a história de uma família de médicos que comanda uma clínica no interior dos EUA. A produção é da ABC Studios em parceria com a Rhode Island Avenue.

Phantom of the Opera – Projeto de Marc Cherry (Desperate Housewives) e Alan Zachary e Michael Weiner. Esta é uma adaptação da obra de Gaston Leroux, que gerou várias adaptações, incluindo um musical. O livro apresenta a história de um homem que assombra um teatro e se apaixona por uma das cantoras de ópera. O projeto pretende contar a história no tempo presente. Embora não seja um musical, a trama é situada no mundo da música. A produção é da Cherry/Wind Productions em parceria com a ABC Studios.

Plus One – Projeto de Mark Gordon e Christopher Noxon que adapta a obra de Noxon. Esta é uma comédia sobre um homem casado com a produtora de uma série de TV premiada. Enquanto ela está cada vez mais envolvida com o mundo do showbusiness, Alex vive à sua sombra, cuidando dos filhos e lutando para ser o marido ideal. Buscando uma forma de encontrar sua própria identidade em um mundo onde é conhecido como o acompanhante da esposa, ele observa a forma como a sociedade em que está inserido vive. A produção é da ABC Studios em parceria com a The Mark Gordon Company.

True Blue – Projeto de Kathryn Price e Nichole Millard que foi originalmente desenvolvido para o canal em 2013, não conseguindo ter sua produção aprovada. A história acompanha duas detetives de São Francisco que voltam a trabalhar juntas depois que uma delas passou um tempo afastada da força policial para constituir família. As duas, que um dia foram grandes amigas, precisam encontrar uma forma de restabelecer a relação e apagar as mágoas, enquanto solucionam um caso por semana. A produção é da The Mark Gordon Company em parceria com a ABC Studios.

The Greater Good – Projeto da atriz Elizabeth Banks e da roteirista Caroline Williams (Arrested Development). Esta é uma comédia que não teve seu enredo divulgado. O que se sabe é que ela é situada em um ambiente cercado por teorias da conspiração. A produção é da 20th Century Fox em parceria com a Browntone Productions.

St. Lucy's Home for Girls Raised by WolvesCBS

Projeto de Brennan, Lavin e Damiani – Desenvolvido por Shane Brennan (NCIS: LA), J.P. Lavin e Chad Damiani, o projeto é um drama que acompanha os trabalhos de quatro agentes. Tentando desmascarar criminosos que vivem no subúrbio, eles se fazem passar por membros de uma família perfeita. A produção é da Kanderaar Pictures em parceria com a CBS Television Studios.

Fox

Projeto de Lilly e Davis – Desenvolvido por Courtney Lilly (The Cleveland Show) e o jogador de basquete Baron Davis, o projeto é uma comédia inspirada na vida de Davis. Na história, um garoto da periferia recebe uma bolsa de estudos e passa a frequentar uma renomada escola particular, onde vive o choque de culturas. A produção é da 20th Century Fox Television.

Riverdale – Projeto de Greg Berlanti (Arrow, The Flash) e Roberto Aguirre-Sacasa que adapta a HQ da Turma do Archie. Esta parece ser uma tentativa do canal de substituir Glee, série que encerra em 2015. A história apresenta a vida do adolescente Archie envolvido em um triângulo amoroso com Verônica e Betty. Os três frequentam a mesma escola em Riverdale, no interior dos EUA, na companhia de uma variedade de outros personagens, entre eles Moleza, e Reggie, rival de Archie. A HQ já foi adaptada para a TV com a série animada A Turma do Archie, na década de 1960. A produção é da Warner Brothers TV em parceria com a Berlanti Productions.

NBC

Projeto de Siegal e Morgan – Desenvolvido por Josh Siegal e Dylan Morgan, ambos de 30 Rock, o projeto é uma sitcom sobre um grupo de amigos que é surpreendido quando um deles revela ser uma bruxa. Este é o segundo projeto da NBC com o mesmo tema. Esta semana, o canal adquiriu Bewitched, projeto que pretende dar uma sequência à série A Feiticeira apresentando a vida da neta de Samantha. É pouco provável que o canal aprove a produção dos dois projetos, devendo escolher um deles (ou até mesmo nenhum). A produção é da Universal TV em parceria com a TBD Productions.

Death Class – Projeto anunciado em abril, quando ainda não tinha um canal definido. Desenvolvido pela atriz Jennifer Carpenter (Dexter) e pelos produtores Sara Colleton (Dexter) e George Stelzner, o projeto adapta a obra não ficcional de Erika HayasakiThe Death Class: A True Story About Life. A história gira em torno de Norma Bowe, uma enfermeira que dá aulas na Kean University de New Jersey, nas quais ela tenta preparar seus alunos para lidarem com a morte de seus pacientes. Os produtores ainda não definiram o roteirista do projeto. A produção é da West Egg Studios em parceria com a Universal TV.

Primeiro trailer de ‘Fortitude’, que estreia em janeiro

S1F-1Criada por Simon Donald (Wallander, Low Winter Sun UK), Fortitude é uma série britânica anunciada pelo canal Sky Atlantic em abril de 2013.

A história é situada em uma pequena cidade localizada na região ártica. Considerada o lugar mais seguro da Terra, a cidade é surpreendida com a notícia de um assassinato.

A morte de um cientista britânico é investigada pelo xerife Dan Anderssen (Richard Dormer, de Game of Thrones), que precisa se aliar ao detetive inglês Milton Caldwell (Stanley Tucci, de Crime em Primeiro Grau/Murder One), recém chegado à cidade. Conforme as investigações avançam e a lista de suspeitos cresce, o comportamento de Caldwell e Anderssen leva os dois a desconfiar um do outro.

S1F-2No elenco também estão Christopher Eccleston (Doctor Who, The Leftovers), Jessica Raine (Call the Midwife), Luke Treadaway, Nicholas Pinnock (Top Boy), Sofie Grabol (Forbrydelsen), Michael Gambon (The Singing Detective) e Johnny Harris (The Fades).

Originalmente, a série contaria com a coprodução do canal Starz, mas mudanças no cronograma de filmagens o levaram a se afastar. O Starz foi então substituído pelo canal americano Pivot.

A série tem doze episódios produzidos para sua primeira temporada, que estreia em janeiro de 2015, em data ainda a ser definida. 

A distribuição internacional é da Sky Vision.

Cliquem na foto para ampliar.

Trailer de ‘Ripper Street’, terceira temporada

A terceira temporada de Ripper Street estreia no dia 14 de novembro, nos países onde o sistema de streaming do Amazon opera. A temporada conta com oito episódios produzidos, que serão disponibilizados pelo site semanalmente. Os episódios serão exibidos pela BBC1 e pela BBC America em 2015. Ainda não há previsão de quando serão exibidos no Brasil pela BBC HD, mas a estreia ocorrerá após a exibição pela BBC1.

ABC encomenda novos episódios de sete séries

ABClogoA rede ABC selecionou sete produções que estão registrando boa audiência para ampliar o número de episódios da atual temporada. O objetivo é o de garantir a audiência em seus respectivos horários por mais tempo durante o período de varredura da Nielsen.

Este é um período em que a empresa realiza uma coleta de dados diferenciada. Nos EUA, a audiência é coletada de forma diária e por datas específicas. A diária é medida através de aparelhos acoplados aos televisores que registram o canal e o horário que está sintonizado.

A medição em datas específicas consiste em conhecer o perfil da audiência através de pesquisas por escrito (uma espécie de Censo). A pesquisa por escrito, realizada em fevereiro, maio, julho e novembro, tem maior importância para os canais de TV, pois são eles que determinam os valores dos espaços comerciais de cada programa/horário.

As sitcoms Modern Family, The Goldbergs, Black-ish e The Middle ganharam mais dois episódios. Com isso, cada uma terá um total de 24 episódios nesta temporada. No gênero dramático, Grey’s Anatomy também terá um total de 24 episódios, enquanto Once Upon A Time e Castle terão 23 episódios cada. A ABC ainda não decidiu se ampliará ou não a temporada de Resurrection, outra produção com boa audiência.

A encomenda de novos episódios da maioria destas séries não chega a ser uma surpresa, visto que elas já vêm há alguns anos produzindo um número maior de episódios por Temporada. No caso de Modern Family e The Middle, o total de vinte e quatro episódios é normal, já que todas as temporadas das séries contam com este número de episódios. The Goldbergs cresceu um episódio em relação à sua primeira temporada, a qual contou com um total de vinte e três. Para Black-ish, que está em sua primeira temporada, o número de episódios pode ser uma prévia do futuro da série.

Ao longo de sua produção, o drama médico Grey’s Anatomy sempre teve um grande número de episódios produzidos, sendo que nos últimos três anos vem somando vinte e quatro episódios. Uma única vez ele teve vinte e dois episódios, média normal da temporada americana. Lembrando que em sua quarta temporada ela teve apenas dezessete episódios em função de uma greve de roteiristas; e que sua primeira temporada estreou no final da Midseason (o que acarreta menos episódios).

Para Once Upon a Time, esta é a primeira vez que ela ultrapassa o número de vinte e dois episódios; enquanto que Castle vem produzindo entre vinte e três e vinte e quatro episódios desde sua segunda temporada.

Outras produções com boa audiência permanecem com vinte e dois episódios, tendo em vista que elas terão que dar seu espaço na grade para que novas séries possam estrear na Midseason. Agents of S.H.I.E.L.D. dará espaço para Agent Carter, série que explora o mesmo universo; o contrato de Viola Davis com How To Get Away With Murder define um número reduzido de episódios por temporada (máximo de quinze), tendo em vista a agenda da atriz. A série será substituída por Secrets & Lies, remake de produção australiana que tem treze episódios produzidos. Quanto a Scandal, o canal ainda não divulgou qual série a substituirá em seu horário na Midseason, sendo que estão na lista The ClubThe Astronaut Wives Club e The Whispers. 

23/10/2014

às 19:50 \ Pilotos de Séries, Remakes, Versão Televisiva

Alice Braga estrela piloto de série do USA

Alice Braga (Foto: Pier Marco Tacca/Getty)

Alice Braga (Foto: Pier Marco Tacca/Getty)

A atriz brasileira Alice Braga foi a escolhida para protagonizar Queen of the South, projeto de série do canal USA anunciado em setembro. A informação foi divulgada pelo Hollywood Reporter.

Desenvolvido por David T. Friendly (do filme A Pequena Miss Sunshine), com roteiro de M. A. Fortin e Joshua John Miller, o projeto adapta a novela colombiana La Reina Del Sur, produzida pelo canal Telemundo, já disponibilizada no Brasil pelo site de streaming Netflix. A novela, por sua vez, é uma adaptação da obra de Arturo Perez-Reverte. Exibida em seu país em 2011, a novela teve um total de 63 episódios produzidos, tornando-se uma das mais populares do canal Telemundo.

Alice estrela o piloto encomendado pelo canal para avaliação. Se os executivos do USA gostarem do resultado, o projeto poderá ser transformado em série com a encomenda da primeira temporada.

A história gira em torno de Tereza Mendoza (Braga). Quando seu namorado, um traficante, é assassinado no México, ela se vê obrigada a fugir para os EUA. Aprendendo a lidar com a situação e com as pessoas à sua volta, Tereza se envolve com membros do cartel. Seu objetivo é se tornar a líder do cartel para poder destruí-lo.

Se produzida, a série marcará a primeira incursão da atriz neste formato nos EUA. No Brasil, ela já fez participações em Carandiru e As Brasileiras.

A produção do piloto é da Fox Television Studios.

23/10/2014

às 17:36 \ Séries Anos 2010-2019

Primeira foto de ‘Togetherness’, nova série da HBO

togetherness

Anunciada em julho de 2013, a série Togetherness foi criada pelos irmãos Mark (ator de The League) e Jay Duplass (ator de Transparent). A primeira temporada tem oito episódios produzidos.

Na história, dois casais que vivem sob o mesmo teto lutam para manter seus respectivos relacionamentos enquanto cada um busca realizar seus sonhos pessoais.

Tina Morris (Amanda Peet, vista em The Good Wife) é uma mulher inteligente que sempre mantém o bom humor. Reestruturando sua vida, ela se muda de Los Angeles para Houston, onde vai morar com sua irmã Michelle (Melanie Lynskey, de Two and a Half Men) e o marido dela, Brett Pierson (Mark Duplass, de The League).

Michelle é uma esposa dedicada e mãe amorosa de duas crianças, mas a necessidade de buscar algo mais para sua vida está comprometendo seu casamento. Na casa também vive Alex Pappas (Steve Zissis), um ator que há 20 anos tenta se estabelecer na carreira. Despejado e sem dinheiro, ele pede ajuda ao seu único amigo, Brett.

A série estreia em janeiro, nos EUA.

Atualização de elencos

Courtney Love (Vincent Sandoval/Getty)

Courtney Love (Foto: Vincent Sandoval/Getty)

Silicon Valley – Já iniciaram as filmagens da segunda temporada desta série da HBO. Em seu retorno, ela contará com a presença de Rebecca Creskoff (Hung) em seu elenco regular, substituindo Christopher Evan Welch, o intérprete de Peter Gregory, que faleceu em 2013. Ela interpretará Laurie Bream, executiva de uma empresa. A série também elevou  Jimmy O. Yang para o elenco regular. O ator foi visto em três episódios da primeira temporada, interpretando Jian Yang.

Grey’s Anatomy - Kelly McCreary passa a fazer parte do elenco regular da série. Interpretando Maggie Pierce, a atriz foi introduzida na série no final da décima temporada.

House of Lies –  A quarta temporada contará com as participações de Mary McCormack (In Plain Sight) e Alicia Witt (Justified). A primeira interpretará Denna Altshuler, uma investigadora recrutada por Marty (Don Cheadle) para ajudá-lo a salvar a Kaan & Associates. Já Alicia será Maya Lindholm, uma engenheira que também ajuda Marty. Ainda não está claro em quantos episódios elas aparecerão.

Empire –  Esta é uma nova série da Fox situada no mundo do hip hop. Lucious Lyon (Terrence Howard, de Law & Order: LA, Wayward Pines), um homem que se fez nas ruas, é agora um músico famoso e um empresário carismático que utiliza qualquer meio necessário para defender seu império. Lucious está prestes a dar um grande passo em seus negócios: transformar a Empire Entertainment em uma empresa de capital aberto (trailer aqui). Courtney Love terá participação recorrente interpretando Elle Dallas, uma cantora hard rock que faz parte do catálogo de artistas da Empire. A série estreia nos EUA em janeiro.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados