Clique e assine a partir de 8,90/mês

IBGE: 27,7 milhões de brasileiros são subutilizados

Indicador agrupa as pessoas que estão desempregadas, que poderiam de trabalhar mais horas e aquelas que não estão procurando trabalho

Por Da Redação - Atualizado em 17 Maio 2018, 14h56 - Publicado em 17 Maio 2018, 13h27

A taxa de subutilização da força de trabalho bateu recorde nos primeiros três meses deste ano e chegou a 24,7 por cento, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador agrupa as pessoas que estão desempregadas, aquelas que poderiam trabalhar mais horas e aqueles que não estão em busca de um emprego.

Isso significa que faltou emprego para 27,7 milhões de brasileiros nessas condições, o maior número desde 2012, quando teve início a série histórica.

Bahia, Piauí, Alagoas e Maranhão são os estados com as maiores taxas de subutilização da força de trabalho. Os menores índices foram registrados em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Paraná.

Publicidade