Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Saiba o que é ransomware e como se proteger de ataques hacker

Ataques de hackers já atingiram 74 países nesta sexta-feira acompanhados de pedidos de ´resgate'

Por Da Redação Atualizado em 12 Maio 2017, 18h56 - Publicado em 12 Maio 2017, 17h12

Nesta sexta-feira, 74 países sofreram ataques de ransomware. A ação diz respeito a ciberataques em computadores que travam o sistema e impedem o acesso da máquina ou dos arquivos armazenados por meio de criptografias. Em seguida, para liberar os dados, os hackers exigem o pagamento de um ‘resgate’, via bitcoins, moeda usada em transações virtuais.

O ransomware é um código, como os vírus trojan e spyware, e pode infectar tanto computadores como equipamentos de rede (modems e roteadores) e dispositivos móveis (tablets, celulares e smartphones).

Para alertar a população sobre os riscos do ataque e apresentar medidas preventivas, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil divulgou uma Cartilha de Segurança para a Internet.

Segundo o documento, para se proteger é necessário ter um antivírus instalado e atualizado no computador e evitar abrir arquivos e links duvidosos. Uma outra medida para se proteger os arquivos é fazer backups regularmente. A Cert adverte ainda que o pagamento do resgate não garante que você conseguirá restabelecer o acesso aos dados.

Infecção por ransomware

Um ransomware pode se instalar ao se abir links em e-mails, redes sociais e mensagens instantâneas, baixar conteúdos ou de sites duvidosos, ou acessá-los usando navegadores vulneráveis. Também é possível ser infectado por anexos de e-mails e arquivos compartilhados. No entanto, o código não se propaga sozinho, sendo necessário um desses canais como condutores.

Como proceder em caso de ataque?

Segundo a Delegacia de Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos de São Paulo, em caso de ataques, o usuário deve se encaminhar a delegacia mais próxima e realizar o registro de ocorrência de invasão a dispositivos eletrônicos. Se possível, os peritos irão tentar rastrear a origem do ataque, mas, segundo o órgão, em casos de ransomware, os hackers não costumam deixar rastros.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)