Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vigor deve focar investimento em expansão em MG e PR

SÃO PAULO, 10 Fev (Reuters) – A Vigor, empresa do segmento de lácteos da JBS, deverá focar os investimentos na expansão dos mercados de Minas Gerais e Paraná e reforçar seu sistema de distribuição, disse o presidente da companhia nesta sexta-feira.

Em conferência a jornalistas, Gilberto Xandó observou que a companhia já detém 65 por cento de participação de mercado no Estado de São Paulo e considera que há espaço para expressivo crescimento em outros mercados.

O frigorífico JBS anunciou na quinta-feira sua intenção de separar sua subsidiária Vigor e listá-la na Bovespa, com objetivo de dar mais visibilidade e valor aos negócios de laticínios do grupo.

O executivo ressaltou que a Vigor deverá ter crescimento independentemente do JBS depois de concluída a operação. Ele ponderou que os planos da companhia contemplam investimentos em expansão da capacidade produtiva e na estrutura logística.

A companhia ressaltou que o plano inicial de expansão é baseado em crescimento orgânico e que o grupo ainda não está atento a possíveis aquisições, mas não descartou a operação no futuro.

“É praticamente impossível dizer aqui que a Vigor vai crescer só orgânico ou através de aquisição. No orgânico nós temos certeza, agora com (sobre) aquisição é difícil (dizer)…”, disse o presidente da JBS, Wesley Batista.

“Não se sabe daqui três meses, seis meses ou ano o que pode surgir”, observou. Mas o executivo ponderou que aquisições só serão consideradas se trouxerem forte geração de valor para a Vigor.

Sobre a possível participação do BNDES na operação, Batista ressaltou que não pode falar em nome do banco estatal, mas afirmou que os conselheiros do BNDES na JBS votaram de forma favorável pela oferta de permuta, considerando que a operação gera valor e destrava a companhia para expansão mercado.

O papel da JBS registrava queda de mais de 2 por cento no pregão desta sexta-feira, após anunciar na noite da véspera que pretende separar sua subsidiária Vigor e listá-la na Bovespa.

(Por Fabíola Gomes)