Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Veja Essa: Alfredo Setubal, Paulo Guedes e Delfim Netto

As frases que marcaram a semana

Por Lizia Bydlowski
1 out 2021, 06h00

“Pessoalmente, prefiro o Doria. Ele tem se mostrado um grande gestor público, tem feito um governo excepcional, embora as pesquisas não deem a ele esse mérito.”
ALFREDO SETUBAL, presidente da Itaúsa e defensor da terceira via, em apoio ao governador de São Paulo nas eleições presidenciais de 2022

“O Brasil está bombando.”
PAULO GUEDES, ministro da Economia, pondo as notícias ruins na conta dos pessimistas

“Eu voltaria a assinar o AI-5. (…) Naquele instante foi correto.”
DELFIM NETTO, ministro da Fazenda na ditadura, ressalvando que aqueles que defendem hoje em dia o decreto que inaugurou a fase mais dura do governo militar “são uns idiotas”

“Foi uma brincadeira de muito mau gosto.”
CIRO GOMES, prócer do PDT, referindo-se a uma fala infeliz em 2002, quando disse que a função de sua então mulher, Patricia Pillar, era dormir com ele

“Não parece, mas já passei dos 65 anos.”
JOE BIDEN, 78, ao tomar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 na frente das câmeras, de modo a incentivar a população

“Despache o seu marido para ser vacinado também e deixar de ser um perigo para os outros.”
BILL DE BLASIO, prefeito de Nova York, em recado a Michelle Bolsonaro, que tomou sua dose na cidade, durante a Assembleia-Geral da ONU

Continua após a publicidade

“Sou advogada há 47 anos. Já processei muitos predadores sexuais que cometeram crimes contra mulheres e crianças. Kelly é o pior de todos.”
GLORIA ALLRED, defensora de mulheres assediadas, ao fim do julgamento do cantor R. Kelly, enfim condenado depois de escapar durante anos de denúncias em série de abusos e violência. A sentença sai em maio e pode passar de 100 anos de prisão

“Enquanto não contarmos com um verdadeiro ambiente islâmico para todos, as mulheres estão proibidas de frequentar a universidade. Islã em primeiro lugar.”
MOHAMMAD ASHRAF GHAIRAT, reitor da Universidade de Cabul, esmagando a esperança de que a volta do Talibã ao poder no Afeganistão seria menos restritiva para o sexo feminino

“Não pretendo ser uma mina de ouro para meu filho. Vou repetir o que meus pais me disseram: ‘Pagamos a faculdade, o resto você se vira’.”
ANDERSON COOPER, repórter-estrela da CNN americana, afirmando que não vai deixar herança para o filho Morgan, de 1 ano. Ele próprio, no entanto, recebeu 1,5 milhão de dólares após a morte da mãe, a socialite nova-iorquina Gloria Vanderbilt

“Era para a gente estar nos Jetsons e estamos voltando para os Flintstones.”
RITA LEE, francamente insatisfeita com os rumos do Brasil

“É a primeira turnê da carreira que fazemos sem ele. Saudade, Charlie, dentro e fora do palco.”
MICK JAGGER, dedicando a reestreia do show dos Rolling Stones nos Estados Unidos ao baterista Charlie Watts, morto em agosto

Continua após a publicidade

“Quando uma mulher diz não, é não. Quando uma mulher alcoolizada diz sim, é não também.”
ADRIANE GALISTEU, apresentadora de A Fazenda, ao anunciar a expulsão do cantor Nego do Borel do reality show por suspeita de estupro

MILA KUNIS
MILA KUNIS – (@milakunism/Instagram)

“É a Covid. Quem ainda toma banho? Não saímos de casa. Quem se importa?”
MILA KUNIS, atriz, pondo lenha (em tom de piada) na fogueira acesa pela declaração, em julho, de que só lava os filhos quando a sujeira está aparecendo. Em tom sério, disse achar a polêmica “uma bobagem”

Publicado em VEJA de 6 de outubro de 2021, edição nº 2758

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.