Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Uso de drogas por Elon Musk preocupa sua capacidade de gestão

Uso de ketamina, LSD, cocaína e alucinógenos está inquietando os investidores, que temem impactos nas suas empresas

Por Luana Zanobia Atualizado em 7 Maio 2024, 16h33 - Publicado em 7 jan 2024, 15h55

A conduta de Elon Musk em suas atividades recreativas tem gerado preocupação entre executivos e acionistas de suas empresas, como Tesla e SpaceX. De acordo com reportagem do Wall Street Journal, o uso de drogas como ketamina, LSD, cocaína e alucinógenos está inquietando os investidores, temendo impactos nas empresas.

Musk, através de seu advogado Alex Spiro, afirmou ser submetido a testes aleatórios frequentes e nunca ter falhado em nenhum deles. Em 2018, durante uma participação no videocast de Joe Rogan, o bilionário foi visto fumando maconha, resultando em uma queda de mais de 9% nas ações da Tesla no mesmo dia. O incidente levou a NASA a solicitar garantias de que a SpaceX mantinha um ambiente de trabalho livre de drogas. Além do uso de maconha, o bilionário já admitiu o uso de ketamina para tratar depressão.

Festas onde Musk teria usado drogas, com imposição de acordos de confidencialidade e restrições de celulares, foram relatadas nos últimos anos. Há relatos de que o bilionário já se apresentou no ambiente de trabalho sob efeito de drogas, enfrentando dificuldades em reuniões e interações com colegas, conforme reportagem do Wall Street Journal. Esses comportamentos levantam preocupações entre investidores quanto à capacidade de Musk de liderar suas empresas.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.