Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Standard and Poor’s reduz nota de dez bancos espanhóis

A agência de classificação de risco Standard and Poor’s anunciou nesta quinta-feira a redução da nota de dez bancos espanhóis como consequência da aplicação de uma nova metodologia da avaliação de bancos, e analisa a possibilidade de uma nova redução a curto prazo.

Os bancos afetados são CaixaBank, Bankia, Banco Financeiro e de Poupança, Banco Popular, Bankinter, Banco de Sabadell, Caixa de Poupança e Pensões de Barcelona, Ibercaja Banco, Kutxa e Bilbao Bizkaia Kutxa.

Além da redução da nota, as 10 entidades espanholas permanecerão sob “vigilância negativa”, o que implica no risco de uma nova queda na classificação, destacou a Standard and Poor’s.

Entre os principais bancos espanhóis, Bankia, Bankinter e Banco Popular tiveram suas notas de longo prazo reduzidas em um nível, de A- para BBB+, uma avaliação destinada a emissores de qualidade média.

CaixaBank também caiu um nível, de A+ para A, mas permanece entre os “emissores sólidos”.

Banco Sabadell, quinta maior instituição financeira do país, teve sua nota reduzida em dois níveis, de A- para BBB, passando a um emissor de média qualidade.

A agência Moody’s também já alertou que pode reduzir a nota de vários bancos espanhóis, incluindo Bankia e Sabadell, citando seu nível de exposição ao risco e a fraca capacidade para gerar ganhos.

A Espanha foi forçada a reestruturar seu setor financeiro após ele ter sido afetado pela bolha imobiliária de 2008.

O anúncio ocorre no momento em que 15 países da zona do euro, entre eles Espanha, estão sob ameaça da Standard and Poor’s de redução da nota de sua dívida soberana.