Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Renault quer ter participação de 6,5% no Brasil em 2012

Por Da Redação 13 dez 2011, 13h30

Por Clarissa Mangueira

São Paulo – A montadora francesa Renault espera registrar vendas no Brasil quatro vezes maiores do que o mercado no próximo ano, atingindo uma participação de mercado de 6,5%, afirmou o presidente da unidade brasileira da montadora, Jean Michel Jalinier. A empresa deverá encerrar 2011 com uma participação de mercado de 5,6% de todas as vendas brasileiras de carros e veículos comerciais, tornando-se a quinta montadora no Brasil nesses segmentos.

As vendas brasileiras deverão alcançar 3,63 milhões de unidades em 2011, número que representa um ganho de 5% sobre o resultado de 2010, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). A associação prevê um crescimento entre 4% e 5% das vendas em 2012.

Jalinier afirmou, em coletiva de imprensa, que as vendas em 2011 da unidade brasileira da Renault ficarão ligeiramente abaixo da meta, com pouco menos de 200 mil unidades. Segundo o executivo, em 2012 as vendas devem chegar a 230 mil veículos.

Segundo o presidente da Renault, a companhia continuará investindo em suas operações brasileiras. Ele acrescentou que todo o financiamento para os investimentos continuará a vir de fontes locais e que a empresa não vai recorrer a recursos da matriz francesa.

Jalinier acrescentou que a unidade brasileira da Renault conseguirá facilmente cumprir as novas exigências brasileiras para conteúdo local na produção de veículos. No início desde ano, o governo brasileiro aumentou os impostos sobre os veículos vendidos no Brasil com menos de 65% de peças fabricadas localmente. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade