Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Prejuízo da HRT triplica com avanço de investimentos

Por Da Redação 10 nov 2011, 12h04

(Texto atualizado com mais informações)

RIO DE JANEIRO, 10 de novembro (Reuters) – A petroleira HRT apresentou prejuízo líquido de 101,3 milhões de reais no terceiro trimestre, maior que o resultado negativo de 31 milhões de reais no mesmo período do ano anterior, informou nesta quinta-feira a companhia.

O prejuízo do terceiro trimestre equivaleu a quase o dobro da perda registrada no segundo trimestre, de 53 milhões de reais.

Como praticamente toda petroleira que ainda não produz petróleo e avança em exploração de áreas, a HRT apresentou receitas menores que despesas.

A HRT registrou receitas de 72,1 milhões no terceiro trimestre. Deste total, 71,8 milhões de reais corresponderam ao rendimento das aplicações das suas disponibilidades financeiras, relatou a companhia no seu balanço financeiro.

As despesas totais alcançaram 173,4 milhões de reais, um aumento de 40,4 por cento em relação ao trimestre anterior.

“A maior contribuição para este aumento decorreu da execução do programa de investimentos da companhia, que contemploua aceleração dos gastos com exploração no período, que passaram de 19,1 milhões de reais no primeiro trimestre para 48,8 milhões de reais no segundo e 84,7 milhões re reais no terceiro terimestre”, disse.

Continua após a publicidade

Como resultado do trabalho exploratório, três notificações de descoberta nos poços 1-HRT-1-AM, 1-HRT-2-AM e 1-HRT-3-AM foram aprovadas pelo órgão regulador brasileiro. “Outro fato de importância significativa para o processo exploratório da HRT foi a aquisição de quatro novas sondas de perfuração heli-transportáveis”, citou.

“O resultado das perfurações realizadas até o momento vem confirmando o modelo geológico defendido pela HRT”, acrescentou a empresa.

A meta da petroleira é perfurar 105 poços até 2014, sendo 59 de exploração e 46 de desenvolvimento.

“No terceiro trimestre deste ano, a companhia apresentou resultado negativo de R$ 101,3 milhões, com receitas de R$ 72,1 milhões e despesas de R$ 173,4 milhões. Com isto, a HRT acumulou um prejuízo de R$ 168,3 milhões nos primeiros nove meses de 2011, resultante de receitas de R$ 208,8 milhões e despesas de R$ 377,1 milhões”, resumiu a companhia.

No dia 31 de outubro, a companhia anunciou a transferência de 45 por cento das concessões de 21 blocos exploratórios da bacia do Solimões, para a anglo-russa TNK-BP, por 1 bilhão de dólares. O dinheiro entrará no caixa da empresa ao longo dos próximos dois anos.

Por volta das 13h, a ação da HRT perdia 0,6 por cento na Bovespa, enquanto o índice principal da bolsa ganhava 0,4 por cento.

(Por Sabrina Lorenzi e Diogo Ferreira Gomes; Edição de Marcelo Teixeira)

Continua após a publicidade
Publicidade