Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

PIB grego sofre contração de 7% no último trimestre de 2011

Por Da Redação 14 fev 2012, 10h05

Atenas, 14 fev (EFE).- O Produto Interno Bruto (PIB) da Grécia no último trimestre de 2011 se contraiu 7% com relação ao mesmo período do ano anterior, e dois pontos percentuais acima do trimestre anterior (5%), informou nesta terça-feira em Atenas o Instituto de Estatísticas Grego (ELSTAT).

Deste modo, faltando ainda o cálculo dos dados completos de 2011 e o ajuste dos efeitos sazonais, fica claro que o país mediterrâneo não cumprirá o objetivo previsto pela troika de manter a redução do PIB em 5,5%.

Em 2011, o terceiro ano de recessão contínua, a Grécia fechou em números vermelhos todos os trimestres do ano.

Especialmente duros foram os dois primeiros, -7,4% e -8%, e após isso o Governo ficou esperançoso com a contração do PIB menor que a esperada, 5%, no terceiro trimestre.

Nos últimos dois anos, as medidas de austeridade exigidas pela troika (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional), geraram uma estagnação da economia (que dobrou o número de desempregados até 20,9%), uma redução dos salários (de entre 20 e 30% até o final de 2011) e um aumento dos preços (em média de 10%).

Isso reduziu drasticamente a capacidade aquisitiva dos gregos, causando o fechamento de mais de 60 mil negócios em 2010 e 2011. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade