Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PIB da Espanha encolhe 0,5% no primeiro trimestre de 2013

A economia espanhola caiu 0,5% entre janeiro e março deste ano, três décimos menos que no trimestre precedente, segundo antecipou nesta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em termos anualizados, a queda chegou a 2%, um décimo mais que no trimestre anterior.

Leia também:

Desempregados na Espanha passam dos seis milhões

Já são sete trimestres consecutivos de descenso, desde que no terceiro trimestre de 2011 a economia espanhola voltou a encolher após uma leve recuperação. Segundo o INE, essa contração é consequência da piora nos dados relativos à demanda nacional, compensada parcialmente pelos bons números da demanda externa.

Os dados divulgados nesta terça-feira são iguais aos antecipados há uma semana pelo Banco da Espanha. Ambos os organismos informaram que o setor exterior seguiu fornecendo crescimento à economia, frente à demanda nacional, que se manteve em baixa.

Leia mais:

Vendas no varejo da Espanha caem 8,9% em março

O Banco da Espanha advertiu que há pouca margem para que se recupere no curto prazo o consumo das famílias (uma das principais variáveis da demanda interna), dado a sua baixa capacidade de poupança, a queda da renda, o elevado endividamento e a incerteza do mercado de trabalho.

(Com agência EFE)