Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nova fase da Carne Fraca prende ex-presidente da BRF

Os investigados podem responder por falsidade documental, estelionato e formação de quadrilha, além de crimes contra a saúde pública

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira uma nova fase da Operação Carne Fraca que tem como alvo um esquema de fraudes descoberto na BRF. O ex-presidente da companhia Pedro de Andrade Faria é um dos dez presos pelos agentes. A empresa brasileira é uma das maiores do mundo no ramo de proteína animal e vende para 150 países. 

A ação da PF tem o nome de Operação Trapaça. Desde o início da manhã são cumpridos 91 mandados decretados pela Justiça Federal, do Paraná. Como resultado, onze pessoas estão sob ordem de prisão temporária e 27 de condução coercitiva. Os policiais cumprem ainda 53 mandados de busca e apreensão em unidades da BRF — dona da Sadia e da Perdigão.

A terceira fase da Carne Fraca — deflagrada pela primeira vez em março de 2017 — tem como alvo o esquema de fraudes contra o Ministério da Agricultura supostamente praticadas por empresas do grupo BRF.

Segundo a PF, os investigados podem responder por  falsidade documental, estelionato qualificado e formação de quadrilha ou bando, além de crimes contra a saúde pública. 

A operação é o primeiro desdobramento da Carne Fraca em 2018. As apurações decorrem das descobertas das investigações da PF da primeira e da segunda fase que tinham dezenas de frigoríficos como alvos, entre eles unidades da BRF e da JBS — outra gigante do setor, dona da Friboi.

Nas primeiras fases, deflagradas em 2017, foi descoberto esquema de corrupção que envolvia fiscais do Ministério da Agricultura no Paraná e em outros estados — as sentenças desses casos devem sair ainda esse ano. As ações das duas empresas reagiram à deflagração da primeira etapa da Carne Fraca e encerraram o pregão naquele dia em forte queda — os papéis da JBS caíram 10,59%, e os da BRF, 7,25%.

Outro lado

A BRF divulgou, nesta tarde de segunda-feira, 5, comunicado sobre a Operação Trapaça, deflagrada nesta segunda pela Polícia Federal, como desdobramento da Carne Fraca. A empresa diz que está “se inteirando dos detalhes” e colaborando com investigações para esclarecer os fatos.

“A companhia segue as normas e regulamentos brasileiros e internacionais referentes à produção e comercialização de seus produtos”, disse. Por fim, a BRF afirmou que permanece “inteiramente à disposição das autoridades, mantendo total transparência na interlocução com seus clientes, consumidores, acionistas e o mercado em geral”.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    😮 D;P;P
    Precisa DiZeR
    A££gO +
    A.MERCaD’ANT@ 😮
    P$: ‘D’iNiZ;’p’REVI;’p’ETRO$$AUR@
    ps²:QuemBANKou’D’Ï££M@ 😮

    Curtir

  2. news da hora

    Cadeia neles ! Infelizmente os empresários se ligam a maus políticos , e passam a cometer crimes terríveis . Pois , falsificar carnes e alimentos é inadmissível !

    Curtir

  3. news da hora

    Nos 13 anos de desgovernos de Lula e Dilma , os petralhas conseguiram desorganizar todas as áreas importantes e fundamentais para se ter um Brasil melhor .

    Curtir

  4. news da hora

    A esperança deste Brasil atual é a lava jato , que ainda precisa levar os chefões para a papuda , como Lula , Renan , Jucá e cias .

    Curtir

  5. news da hora

    Carmen , Raquel , Fux , precisam fortalecer a democracia Brasileira , e ajudar a prender as raposas ladronas como o Lula , Renan e cias .

    Curtir

  6. Ataíde Jorge de Oliveira

    #A£ô;
    A££ÔÔ: BnD,É$
    ##A£Ô, TRôÇiDA do F££A-
    -mengo…aBAhíA,jA’MO’dEU
    ::aQUE££E aBRaçça$$@!–OU:NãO,PqP.6T

    Curtir

  7. pena de morte pra estes terroristas quantas crianças não mataram por cinsumir esta porcaria… assassinos … canalhas…

    Curtir

  8. news da hora

    O novo advogado do Lula quer somente se promover , e desonrar os ministros decentes do STF .

    Curtir