Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Petróleo opera em queda por possível acordo com Irã–AIEA

Por Da Redação - 23 maio 2012, 10h56

* AIEA diz que acordo está próximo, aliviando temores

* Analistas dizem ver espaço para maior queda

Por Simon Falush

LONDRES, 23 Mai (Reuters) – O petróleo operava em queda nesta quarta-feira, com as esperanças cada vez mais altas de um acordo entre o Irã e o órgão de fiscalização nuclear das Nações Unidas, que aliviou os temores sobre uma interrupção da oferta da commodity, enquanto as preocupações sobre a crise da dívida na zona do euro e a desaceleração da economia chinesa pesam sobre a demanda.

Publicidade

A Agência Internacional de Energia Atômica das Nações Unidas (AIEA) espera assinar um acordo em breve com o Irã, para desbloquear as investigações sobre seu trabalho suspeito com bombas nucleares no país produtor de petróleo.

Isso melhorou as perspectivas para as negociações com Teerã, para interromper a tendência em direção a um conflito.

Por volta das 10h50 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent recuava 1,37 dólar, cotado a 106,97 dólares o barril, enquanto o petróleo nos EUA perdia 78 centavos, a 91,07 dólares o barril.

O petróleo tipo Brent recuou ante o pico de 128,40 dólares no início de maio, e está 12,9 por cento menor neste trimestre, na maior queda desde o quarto trimestre de 2008.

Publicidade

Analistas dizem acreditar que há espaço para uma maior queda.

“Os iranianos parecem estar aliviando posição e isso pode levar a um enfraquecimento das sanções”, disse Christopher Bellew, do Jefferies Bache.

“Se isso acontecer, o petróleo pode cair abaixo de 100 dólares, enquanto a Arábia Saudita decidir se reduz a produção.”

REUTERS PM SL

Publicidade