Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pão de Açúcar tem lucro recorde de R$ 1,156 bi em 2012

A receita líquida de vendas em 2012 foi de R$ 50,924 bilhões, alta de 9,3% na comparação com 2011

O Grupo Pão de Açúcar registrou recorde de lucro líquido consolidado em 2012: 1,156 bilhão de reais – crescimento de 60,7% em comparação com o ano anterior. Outro resultado inédito foi o do quarto trimestre, em que a varejista lucrou 539 milhões de reais, alta de 36,4% sobre o ganho obtido no mesmo período de 2011.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 33,5% de outubro a dezembro do ano passado ante igual intervalo de 2011, para 1,323 bilhão de reais. Já o Ebitda do acumulado de 2012 subiu 30,3% sobre o de 2011, para 3,668 bilhões de reais.

A receita líquida de vendas do quarto trimestre de 2012 foi de 14,584 bilhões de reais, alta de 9,1% na comparação com o mesmo período de 2011. No acumulado de 2012, a receita líquida cresceu 9,3%, para 50,924 bilhões de reais.

As vendas brutas do GPA Alimentar, que reúne supermercados, hipermercados e atacado do Grupo Pão de Açúcar, somaram 8,751 bilhões de reais no quarto trimestre de 2012 (alta de 9% em relação ao mesmo período de 2011), enquanto a receita líquida aumentou 9,4%, para 7,887 bilhões de reais na mesma comparação.

Em relatório, a companhia destaca que o crescimento das vendas no atacado foi impulsionado pelo aumento do valor médio de compra, superior a 15%, decorrente dos ajustes feitos para atender aos públicos-alvo da bandeira, como maior oferta de perecíveis.

No varejo, as vendas líquidas somaram 6,480 bilhões de reais no quarto trimestre, expansão de 6,7% ante igual intervalo de 2011, enquanto no atacado subiram 24,1%, para 1,407 bilhão de reais.

Leia também:

Lucro da Dell cai 31% em meio a negociação de venda

Após compra da Heinz, 3G divulga alta de 94% no lucro do Burger King

Mesmas lojas – A receita bruta no conceito “mesmas lojas” (abertas há mais de 12 meses) avançou 5,6%, impulsionada pelo crescimento de 7,8% nas vendas de alimentos, com destaque para perecíveis e bebidas. Em não-alimentos, a categoria de eletroeletrônicos, comercializada pela bandeira Extra, apresentou retração sobre o mesmo período de 2011, que foi uma forte base de comparação. No quarto trimestre de 2011, o Extra foi a única bandeira no varejo a promover o Black Friday nas lojas físicas e as vendas da categoria de eletroeletrônicos cresceram 28% no período, explica a administração da companhia em relatório de resultados.

Apesar do crescimento de 5,6%, as vendas mesmas lojas apresentam desaceleração quando comparado com o terceiro trimestre de 2012 (+7,1%) e o quarto trimestre de 2011 (+8,7%). A receita bruta consolidada da companhia somou 57,234 bilhões de reais no ano, alta de 8,6% em relação a 2011. O montante ficou em linha com a previsão do GPA divulgada em maio do ano passado.

(com Estadão Conteúdo)