Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucro da Sara Lee cai 41% para US$ 111 mi no trimestre

Por Ana Conceição

Nova York – A companhia norte-americana de alimentos Sara Lee informou lucro de US$ 111 milhões (US$ 0,19 por ação) em seu quarto trimestre fiscal, encerrado em 2 de julho. O valor é 41% menor que os US$ 187 milhões (US$ 0,28 por ação) apurados no mesmo período do exercício anterior. O lucro ajustado de operações contínuas aumentou para US$ 0,20 por ação, de US$ 0,07 por ação no mesmo período anterior.

As vendas de operações continuadas aumentaram 8,7%, para US$ 2,3 bilhões. Analistas consultados pela Thomson Reuters esperavam lucro de operações continuadas de US$ 0,20 por ação, sobre receita de US$ 2,22 bilhões. A margem bruta recuou para 30,2%, de 33,6% no trimestre anterior. As vendas dos negócios de varejo na América do Norte caíram 2,2%, enquanto a divisão internacional de bebidas elevou a receita em 24%.

Como outras processadoras de alimentos, a Sara Lee enfrenta, em especial nos Estados Unidos, a desaceleração econômica, além da elevação dos custos das commodities (matérias-primas) alimentares. A companhia elevou os preços dos produtos em 3%, e, média, no primeiro semestre fiscal, e disse que vai aumentá-los outra vez até o final do ano.

A elevação dos preços acompanhou o aumento do custo de aquisições das commodities, de cerca de US$ 650 milhões no último ano fiscal. A Sara Lee prevê que os custos vão aumentar outros US$ 500 milhões no ano fiscal 2012.

A projeção de lucro para 2012 decepcionou analistas. Eles esperavam algo em torno de US$ 1,06 por ação, a companhia espera entregar entre US$ 0,89 a US$ 0,95 por ação. A projeção não inclui os resultados de suas operações de panificação na Espanha e massas refrigeradas, que a Sara Lee decidiu vender.

No Brasil, a Sara Lee é dona das marcas de café do Ponto, Seleto, União, Pilão, Moka, Damasco, Caboclo, além de outras em achocolatados, cappuccinos e filtros. Às 13h23, a ação da companhia tinha queda de 3,41% na Bolsa de Nova York. As informações são da Dow Jones.