Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Lei do conteúdo nacional é obstáculo para Petrobras

A agência de classificação de risco Fitch alerta para os atrasos na entrega de equipamentos para a exploração de óleo e gás em razão da exigência de contratação de fornecedores locais pela empresa

Por Da Redação 22 Maio 2014, 21h25

A exigência pelo governo brasileiro de conteúdo nacional – uma espécie de reserva de mercado para a indústria local – na exploração de petróleo e gás é um obstáculo para o desenvolvimento da Petrobras e, se provocar mais atrasos na entrega de equipamentos, pode comprometer as metas de produção da empresa, avalia Lucas Aristizabal, diretor responsável para América Latina desse setor da Fitch Ratings.

Leia também:

Petrobras recebe 1.º guindaste com conteúdo nacional

O analista destaca que a Petrobras tem enfrentado atrasos nas entregas de equipamentos para exploração de óleo e gás. Para ele, atrasos de mais de um ano podem colocar em risco a entrega da produção da petroleira. “A lei de conteúdo local é um obstáculo para o desenvolvimento da empresa”, afirma o analista da Fitch.

Leia mais:

Conteúdo nacional está em 90% das exportações brasileiras

Continua após a publicidade

Vizinhos – Aristizabal ressalta que a produção de petróleo na América Latina tem sido estável e a tendência é que continue assim ou que tenha crescimento marginal. No Brasil, caso não haja problemas com os equipamentos, e na Colômbia, a expectativa é de expansão. No México e Venezuela, a aposta é que a produção se mantenha nos níveis atuais. As petroleiras da região devem investir cerca de 120 bilhões de dólares neste ano, segundo a Fitch.

Leia ainda: Conteúdo nacional: a doutrina perigosa de Dilma

Na América Latina, 84% da produção de petróleo vêm de companhias 100% estatais ou controladas pelo governo. Por isso, o analista destaca também o risco político. “A influência política pode passar por cima de critérios econômicos na tomada de decisão”, diz Aristizabal.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)