Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

J&F conclui venda da Vigor para a mexicana Lala

O grupo mexicano espera que a CCPR fique com os 50% da Itambé, que pertence aos irmãos Batista

A J&F, holding controladora da JBS, concluiu a venda da empresa de lácteos Vigor para ao grupo mexicano Lala por 5,02 bilhões de reais. O valor do negócio foi estimado inicialmente em 5,7 bilhões de reais.

O valor da transação pode ficar ainda menor, 4,3 bilhões de reais. A diferença refere-se aos ativos da Itambé, da qual os irmãos Wesley e Joesley Bastista são detentores de 50% do capital. Os 50% restantes são controlados pela Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais (CCPR).

Em nota, a Lala informa que espera que a CCPR exerça a preferência de compra dos 50% restantes da Itambé.

“Com essa aquisição, o Grupo Lala seguirá construindo um negócio rentável de produtos com valor agregado”, disse em nota Scot Rank, diretor-geral do grupo.

A JBS informa que pretende utilizar parte dos recursos obtidos com a operação ‘para amortizar, extraordinariamente, a dívida sujeita ao acordo de estabilização’.

Segundo ele, a união das duas marcas construirá uma empresa líder, já que ambas contam com escala, portfolio, inovação e talento.