Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

JBS reafirma que vaca louca não vai afetar vendas dos EUA

Empresa diz que, se necessário, usuria sua produção no Mercosul e Austrália para atender os contratos firmados

A JBS, maior processador de proteína animal do mundo, afirmou nesta quarta-feira que seus negócios não serão prejudicados pelo caso de Encefalopatia Espongiforme Bovina (mais conhecido como ‘vaca louca’) confirmado na terça-feira pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) na Califórnia.

“O USDA considerou o caso da doença atípico e isolado, sendo que o animal não tinha como destino e sequer entrou na cadeia alimentar americana. Dessa forma, o departamento americano de agricultura considerou que o abastecimento de carne nunca esteve em risco”, disse a empresa em comunicado ao mercado.

Segundo a empresa, o comércio internacional não deverá ser afetado pelo incidente e o status sanitário dos Estados Unidos junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) segue inalterado. “Ainda que haja qualquer tipo de consequência para o mercado da carne bovina, a JBS considera ser a empresa melhor posicionada para enfrentar a situação por ter um ‘hedge natural’ em suas atividades”, destaca.

Ela afirma que suas operações no Mercosul e na Austrália poderiam servir de fonte para atender os contratos firmados com clientes globais.