Clique e assine com até 92% de desconto

Itália tenta colocar 11,5 bi de euros para 6 meses e 2 anos nesta 4ª feira

Por Da Redação 27 dez 2011, 13h58

Roma, 27 dez (EFE).- A Itália vai nesta quarta-feira aos mercados para tentar colocar 11,5 bilhões de euros em bônus para seis meses e títulos de dívida para dois anos.

Concretamente, o Tesouro italiano vai colocar 9 bilhões de euros em bônus e entre 1,5 bilhão e 2,5 bilhões de euros em títulos de dívida.

A desta quarta-feira será a primeira das duas duras provas que o país vai enfrentar antes do fim do ano.

No dia seguinte, a Itália voltará aos mercados, desta vez para tentar arrecadar entre 5 bilhões e 8,5 bilhões euros com o leilão de títulos de dívida para sete anos e bônus para três e 10 anos.

A última emissão de bônus italianos ocorreu em 14 de dezembro, quando a Itália teve de oferecer juro recorde de 6,47%, para 3 bilhões de euros em bônus para cinco anos.

A solvência financeira da Itália segue despertando receio. O prêmio de risco do país, a diferença entre o bônus italiano para dez anos e o alemão de mesmo prazo, era nesta terça-feira em torno dos 515 pontos básicos na reabertura dos mercados após as festas natalinas, para logo em seguida recuou para 508 pontos. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade