Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo piora previsão para economia com queda do PIB de 2,8%

Projeção anterior era de retração de 2,4% em 2015; equipe econômica cita 'aprofundamento da deterioração da atividade econômica'

O governo piorou a leitura que faz do quadro econômico do país para 2015. Nesta terça-feira, a equipe econômica apresentou a projeção de retração de 2,8% do produto interno bruto (PIB). A projeção anterior era de queda de 2,4%

A estimativa aparece no documento “Cenário Fiscal de Outubro de 2015”, divulgado pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento. Os dados que aparecem no documento balizam, por exemplo, as projeções de arrecadação, necessárias para a definição do orçamento.

O reconhecimento de piora do quadro econômico já havia ficado claro no início da tarde, quando o deputado Hugo Leal (Pros-RJ), relator do projeto de lei que altera a meta de 2015, informou que o governo admitiria que terá déficit primário de 51,8 bilhões de reais em 2015, valor que não inclui as chamadas “pedaladas fiscais”, que serão reconhecidas e deverão deixar o déficit ainda maior.

O governo tem revisado sua projeção para o desempenho da economia brasileira em 2015 desde o primeiro semestre – e sempre para pior. Em abril, a estimativa era de retração de 0,9%. A previsão passou a -1,2% em maio, passou a -1,5% em julho, em agosto, a -1,8%, desceu a 2,4% em setembro até, por fim, chegar aos 2,8% apresentados nesta terça-feira.

Leia mais:

Brasil cai cinco posições em ranking sobre facilidade de negócios

Não dá para começar o ano como a Grécia, diz Levy sobre orçamento de 2016

Déficit em 2015 será de R$ 51,8 bi; governo reconhecerá ‘pedaladas’

(Da redação)