Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

GM anuncia recall do Camaro no Brasil e nos Estados Unidos

Segundo a montadora, há problemas no airbag dos veículos brasileiros; no caso dos americanos, a causa do reparo é a pequena distância entre os joelhos do motorista e a chave

A General Motors anunciou nesta sexta-feira o recall de 511.528 veículos Chevrolet Camaro, afetando principalmente os modelos vendidos na América do Norte. No Brasil, foi anunciado um recall menor, de apenas 39 veículos, por problemas no airbag. Já no caso do recall americano, ocorre que os joelhos do motorista podem bater na chave e desligá-la, provocando perda de potência. A montadora disse estar ciente de três acidentes possivelmente relacionados a este problema e que causaram quatro ferimentos leves.

O problema no Brasil, segundo a companhia, pode fazer com que o airbag frontal do lado do motorista não funcione em uma eventual colisão, podendo causar lesões graves na cabeça e na parte superior do corpo do motorista. Os veículos que podem apresentar o problema foram fabricados entre 19 de janeiro de 2012 e 17 de maio do mesmo ano, com números de chassis de C9168246 a C9206504.

Os proprietários desses veículos devem agendar uma visita e comparecer a uma concessionária autorizada a partir de terça-feira, 17 de junho, para substituição do conector do chicote. O tempo estimado para troca, segundo a empresa, é de 40 minutos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 702 4200, ou pelo site http://www.chevrolet.com.br.

No início deste ano, a montadora fez um recall de 2,6 milhões de carros pequenos por causa de uma falha de ignição. Acredita-se que o problema esteja ligado a pelo menos treze mortes.

Leia também:

GM admite que atuou de forma ‘inaceitável’ ao ocultar defeito

GM recebe multa de US$ 35 milhões por recall tardio

(com agência Reuters)