Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fazenda prepara índice de sentimento do mercado

Por Adriana Fernandes

Brasília – O Ministério da Fazenda prepara o lançamento de um novo indicador econômico que procura captar a expectativa dos analistas do mercado financeiro sobre a economia brasileira e mundial. O Índice de Sentimento do Mercado Financeiro (IS-Mercado) vai funcionar como um termômetro das expectativas e está sendo montado em caráter experimental. A divulgação do novo indicador será mensal.

Inicialmente, o IS-Mercado será distribuído apenas internamente no governo e para os analistas que responderem as perguntas da pesquisa. Mas a ideia do Ministério da Fazenda é, no futuro, fazer uma divulgação pública periódica para subsidiar os agentes econômicos nas suas decisões.

Segundo apurou a Agência Estado, a primeira coleta de informações foi feita no início deste mês junto a um grupo significativo de analistas de referência do mercado financeiro doméstico. Outro grupo de seis analistas estrangeiros, que têm maior conhecimento da economia brasileira, também participa da coleta. A adesão foi de 100% e a expectativa do Ministério da Fazenda é de que eles continuem respondendo os questionários. Foi pedido sigilo às informações.

O questionário enviado aos analistas para a elaboração do IS-Mercado tem oito perguntas fixas, por exemplo: qual a expectativa sobre a economia brasileira, europeia, norte-americana, taxa de câmbio, commodities e bolsa de valores. As respostas dos analistas são sempre qualitativas. Do tipo: a expectativa é boa, ruim, vai melhorar ou piorar. Ou, no caso de tendência da taxa de câmbio, as respostas são: vai apreciar, ficar estável ou depreciar. Todo mês será incluída uma pergunta extra que procura captar o sentimento de um assunto econômico que está em evidência no curto prazo. A coleta das informações será feita por volta da segunda semana de cada mês.

É um modelo de questionário mais simples e diferente da pesquisa semanal Focus do Banco Central, que faz perguntas quantitativas aos analistas. Para a pesquisa Focus, os analistas têm que responder a sua previsão com o número esperado. Não é intenção do Ministério da Fazenda fazer do novo indicador uma espécie de concorrente da pesquisa Focus do BC. Inicialmente, quando as perguntas do questionário foram enviadas, essa foi uma das preocupações dos analistas, o que foi esclarecido.

O modelo do novo indicador do Ministério da Fazenda foi inspirado no índice de sentimento econômico da Alemanha, medido pelo Instituto ZEW.