Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

EUA multam 30 empresas por fraude com biocombustível

Por Da Redação
20 abr 2012, 15h44

Por José Roberto Gomes

Washington – Trinta empresas concordaram em pagar multas que a Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) descreveu como “modestas”, por se valerem de créditos fraudulentos para cumprir o mandato federal de biocombustíveis. As companhias não foram acusadas de criar créditos fraudulentos, que foram negociados em um sistema supervisionado pela EPA. Mas estão na mira, pois, pelas regras da agência, protegem o comprador.

A EPA está adotando ações separadas contra duas companhias acusadas de vender créditos que não representam os verdadeiros galões de biocombustível que possuem. O acordo proposto resolve as violações feitas por empresas como a ExxonMobil e ConocoPhillips ao Padrão de Combustíveis Renováveis, mas não deve significar o fim dos encargos financeiros para os créditos fraudulentos.

Companhias que compraram os créditos fraudulentos ainda devem substituí-los por outros válidos, comprando créditos adicionais para cobrir a diferença. Ao todo, estima-se que cerca de US$ 49 milhões de créditos fraudulentos foram vendidos, mas a EPA ainda investiga se o número não seria maior.

Por meio do acordo, a Exxon irá pagar US$ 165,407 mil, de acordo com documentos publicados no site da EPA. A ConocoPhillips vai pagar US$ 250 mil. Pelo menos outras três companhias, inclusive a refinaria Tesoro, foram notificadas por violações, mas não chegaram a um acordo com a EPA. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.