Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

EUA: Inflação mostra perfil controlado e reforça aposta por corte de juros

O CPI nos Estados Unidos marcou uma deflação de 0,1% em junho na comparação mensal, abaixo da expectativa

Por Juliana Machado 11 jul 2024, 13h39

Os dados do Índice de Preços ao Consumidor americano (CPI, na sigla em inglês) divulgados hoje mostram uma moderação da inflação nos Estados Unidos tanto no indicador principal, quanto nos núcleos, o que reforça a tese de agentes do mercado de que há espaço para pelo menos um corte de juros na maior economia do mundo até o fim do ano.

O CPI nos Estados Unidos marcou uma deflação de 0,1% em junho na comparação mensal, contra uma expectativa de inflação de 0,1%. Na comparação anual, houve inflação de 3%, ante projeção de 3,1% pelos investidores. No caso do núcleo do CPI, que exclui preços mais voláteis, caso dos segmentos de alimentos e energia, a inflação foi de 0,1% em junho ante o mês anterior e 3,3% ante junho do ano passado, ambos levemente abaixo das projeções.

Com a divulgação dos dados, o dólar chegou até a ensaiar uma queda contra o real antes de voltar a ganhar terreno, enquanto a moeda no exterior registra queda – o índice DXY, que mede o desempenho do dólar frente a uma cesta de moedas globais, opera em baixa de 0,67%. O Ibovespa segue o bom humor dos investidores e mantém alta de 0,70%, acima dos 128 mil pontos.

“O ‘ralizinho’ [leve alta] do Ibovespa precisa desse alívio no exterior com perspectiva de queda dos juros e inflação nos Estados Unidos e dos yields [rendimentos] das Treasuries [títulos da dívida americana]”, afirma o estrategista-chefe da JF Trust, Eduardo Velho.

Para Gustavo Zuquim, portfólio manager do Andbank, a inflação americana corrobora mais uma vez a possibilidade de um “soft landing”, ou seja, um processo de redução da inflação via aperto da política monetária até o ponto em que não cause recessão. “O efeito disso é vermos ganhos em diversos ativos de risco”, diz.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.