Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Comissão Europeia aponta chance de dívida piorar

Por Da Redação 11 out 2011, 09h53

Por Danielle Chaves

Bruxelas – Os excessivos níveis de dívida e de déficit em toda a zona do euro estão sob risco de piorar e exigem medidas de consolidação fiscal de longo prazo durante os próximos 15 anos, afirmou a Comissão Europeia em seu relatório trimestral sobre o estado das economias do bloco. O braço executivo da União Europeia (UE)prevê que a dívida da zona do euro vai superar 100% da produção econômica do bloco durante a próxima década e meia se nenhuma nova medida for implementada.

A comissão destacou que os gastos relacionados ao envelhecimento da população terão papel importante no aumento dos níveis de dívida nos próximos anos por elevar os custos com aposentadorias e cuidados com a saúde. “Com o aumento da dívida, o efeito bola de neve vai se mostrar significativo durante o tempo; os gastos com juros vão subir continuadamente e vão cada vez mais contrabalançar o efeito do crescimento”, disse a comissão.

Tendo em vista essas dinâmicas na zona do euro, a comissão avaliou que muitos países vão precisar adotar “medidas de consolidação permanentes significativas – além e acima das já introduzidas”.

A comissão também alertou que existem “perigosas ligações” entre a dívida soberana e o setor bancário. Além disso, a comissão afirmou que medidas para reduzir os custos domésticos – chamadas desvalorizações internas – podem ser tão eficientes quanto uma desvalorização nominal da taxa de câmbio. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade