Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com ‘dadada’ como senha, Zuckerberg tem contas do Twitter e Pinterest hackeadas

Fundador e controlador do Facebook tinha a mesma senha também para o Linkedin; invasão teria ocorrido também no Instagram, mas empresa nega

Um grupo de hackers invadiu no último fim de semana as contas do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, no Twitter e no Pinterest depois de obter uma senha “banal” usada por ele no Linkedin e comprovar que era a mesma das outras redes sociais, informou nesta segunda-feira o site americano Engadget.

Os hackers do grupo “OurMine Team” afirmaram que conseguiram ter acesso às contas de Zuckerberg porque encontraram o nome do fundador do Facebook no recente vazamento de dados e senhas do Linkedin. Segundo eles, a senha de Zuckerberg no Linkedin era “dadada” e coincidia com as usadas nas outras redes sociais.

Capturas das telas mostram as mensagens deixadas pelos hackers nas contas do Twitter e do Pinterest, que o fundador do Facebook não usa habitualmente. Eles também informaram que conseguiram invadir o Instagram de Zuckerberg, mas o Facebook negou a última alegação.

Leia mais:

Facebook já faz ajustes para a vida pós-Zuckerberg

Em comunicado, o Facebook afirmou que “nenhum de seus sistemas foi comprometido e que as contas afetadas foram resgatadas utilizando boas práticas”.

O Linkedin entrou em contato com seus usuários depois de as senhas de 117 milhões de contas da rede social terem sido publicadas no mês passado, uma violação que ocorreu em 2012. A invasão das contas de Zuckerberg nas redes sociais mostra o perigo de se utilizar a mesma senha em diferentes serviços na internet.

(Com EFE)