Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

China fecha 2011 com menor superávit desde 2005

Mesmo com o aumento de 13,4% nas exportações, superávit comercial chinês fecha o ano em nível abaixo do que foi registrado em 2010

Por Da Redação 10 jan 2012, 06h56

A China terminou 2011 com um superávit comercial de 155 bilhões de dólares, bem abaixo dos 183,1 bilhões de dólares em 2010 e o menor valor desde 2005, quando teve saldo de 101,9 bilhões de dólares, informou o órgão equivalente à Receita Federal do país nesta terça-feira.

Apesar de o resultado anual ter sido o mais baixo em seis anos, as exportações da China aumentaram 13,4% em dezembro em relação ao mesmo período do ano anterior O número veio um pouco abaixo das expectativas de mercado, que aguardava um crescimento entre 13,5%.

Em contrapartida, as importações tiveram alta de 11,8% no mês passado, bem abaixo da mediana das previsões de analistas, que aguardavam uma expansão de 17%, e ainda menos do que os 22,1% de crescimento anual em novembro.

A desaceleração nas importações no último mês do ano dá o tom para o que deverá ser o início de 2012 – e mostra que a China, país que se tornou o principal parceiro comercial do Brasil, poderá reduzir de maneira rápida o ritmo de encomendas a matérias primas brasileiras, como o minério de ferro e o petróleo.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade