Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Caixa-preta de avião chinês indica comando intencional para mergulho fatal

Dados divulgados pelo "The Wall Street Journal" mostram que investigação deve mudar o foco para os pilotos. O avião caiu de bico em março e matou 132

Por Da Redação Atualizado em 17 Maio 2022, 18h55 - Publicado em 17 Maio 2022, 16h00

Dados obtidos da caixa-preta do avião da China Eastern Airlines que caiu de nariz em março e matou 132 pessoas mostram que houve um comando intencional de dentro da cabine que ocasionou a queda do avião, disse The Wall Street Journal.

O Boeing 737-800 estava viajando em alta altitude quando de repente mergulhou em uma posição quase vertical, chocando-se contra uma montanha em grande velocidade. Segundo dados do voo monitorado pelo site Flightradar24, o Boeing 737-800 cortou o ar a 966 quilômetros por hora, próximo à velocidade do som.

Fontes ouvidas pelo WSJ disseram que a aeronave estava em alta altitude quando caiu em uma espiral e colidiu com o lado de uma montanha. As informações colhidas da caixa-preta recuperada sugerem que alguém no cockpit inseriu dados que fizeram o avião mergulhar. “O avião fez o que foi mandado por alguém na cabine”, disseram as fontes familiarizadas com a avaliação feita por autoridades dos EUA. O relatório preliminar da investigação chinesa sobre a queda, divulgado em abril, mostra que os pilotos deixaram de responder aos controladores de voo logo após a primeira perda de altitude. O documento também não apontou falhas no Boeing 737-800.

As investigações, no entanto, podem demorar um pouco para concluir quais foram as causas e os fatores que contribuíram para o acidente. No entanto, os Boeing 737-800 voltaram a voar na China, depois de terem ficado cerca de um mês sem decolar no país. O modelo é um dos aviões comerciais mais vendidos do mundo. No Brasil, a maioria dos 90 aviões da frota da Gol é desse modelo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)