Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas na Europa reagem a reunião da UE e recuam

Por Renan Carreira

Londres – As bolsas europeias fecharam a semana em leve alta, com os investidores relutantes em ampliar os ganhos por causa da reunião de líderes da União Europeia (UE), dados econômicos fracos e a notícia de que a Espanha elevou a meta para seu déficit orçamentário para este ano. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,06%, fechando a 267,21 pontos. Na semana, o Stoxx 600 teve alta de 0,92%.

Na Europa, duas notícias pesaram sobre as bolsas. Primeiro, na Alemanha, as vendas do varejo, ajustadas sazonalmente, caíram 1,6%, ante alta de 0,1% em dezembro. Os analistas previam um aumento de 0,3%. Depois, a Espanha divulgou que o número de pedidos de auxílio-desemprego subiu 112.269 no mês passado, ou 2,44% em comparação com janeiro, para o total de pouco mais de 4,7 milhões.

Além disso, o premiê espanhol, Mariano Rajoy, disse que o governo elevou a meta do déficit orçamentário do país para este ano para 5,8% do Produto Interno Bruto (PIB), uma decisão que pode irritar os parceiros do país na UE que assinaram o novo pacto fiscal da região.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX recuou 0,29%, fechando a 6.921,37 pontos. Na semana, porém, avançou 0,83%. Metro caiu 2,9% após uma apresentação para analistas na quinta-feira destacar uma falta de clareza sobre a margem operacional no curto prazo, disse um trader. Commerzbank teve alta de 1,2% após o Goldman Sachs assumir uma posição mais otimista em relação às instituições financeiras europeias.

Em Londres, o índice FTSE teve queda de 0,34%, a 5.911,13 pontos, e na semana recuou 0,40%. Kazakhmys teve o pior desempenho, queda de 5,8%, após ter seus papéis rebaixados por uma corretora.

O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, registrou leve alta de 0,04%, para 3.501,17 pontos, e na semana avançou 0,98%. Os papéis dos bancos fecharam em alta também por causa da avaliação do Goldman Sachs. BNP Paribas subiu 1,5%, Société Générale avançou 1,3% e Crédit Agricole registrou alta de 0,9%. Veolia Environnement subiu 4,7%, uma vez que a companhia mantém suas metas de crescimento para 2012 e 2013.

Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,18%, a 8.563,40 pontos, e na semana teve alta de 0,42%. Em Portugal, o índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, avançou 0,56%, para 5.664,96 pontos, e na semana subiu 1,93%. Na Itália, o FTSE MIB registrou alta de 0,43%, para 16.902,51 pontos, e na semana avançou 2,52%. As informações são da Dow Jones.