Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsa de Tóquio avança 2% com pacote para a Espanha

Por Da Redação 11 jun 2012, 06h14

Tóquio – A Bolsa de Tóquio, no Japão, fechou em forte alta nesta segunda-feira. O pacote de resgate dos bancos espanhóis pela União Europeia, a inflação da China, que veio mais fraca do que o esperado, e a desvalorização do iene estimularam um rali de cobertura de vendas a descoberto que ajudou exportadoras como Tokyo Electron e Sharp a se recuperarem de perdas em sessões anteriores.

O Nikkei adicionou 165,64 pontos, ou 2%, e terminou aos 8.624,90 pontos, após queda de 2,1% na sessão de sexta-feira. O volume de negociações, contudo, foi fraco, com 1,46 bilhão de ações. Os investidores estão à espera de acontecimentos chave da semana, como as eleições na Grécia e na França, as reuniões da Opep e do G-20 e o encontro do Fed, o banco central dos EUA.

“Os problemas da Europa estão longe de acabar, mesmo com o pacote de resgate, mas o tamanho da ajuda foi um tiro no braço para o sentimento do mercado, enquanto os movimentos europeus para uma maior união fiscal também parecem encorajadores”, disse Kenichi Hirano, diretor operacional da Tachibana Securities.

“É tentador dizer que, com o acordo espanhol, o pior da crise agora ficou para trás”, acrescentou Nicholas Smith, estrategista de ações da CLSA. “O fato de que cerca de 30% das recentes operações de mercado tenham sido curtas têm um significativo impacto imediato, à medida que essas posições precisavam ser cobertas.” As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade