Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BC prorrogará programa de intervenção no câmbio

A autoridade monetária divulgou nesta sexta-feira que dará continuidade à compra de dólares a partir de 1º de julho; detalhes ainda não foram divulgados

O Banco Central brasileiro anunciou nesta sexta-feira que estenderá a partir de 1º de julho o programa de intervenção no mercado de câmbio, com a oferta de swap cambial – o equivalente à venda de contratos de dólar no mercado futuro. “Considerando que a necessidade de proteção cambial (hedge) demandada pelos agentes econômicos vem sendo atendida pelo programa de leilões de swap e venda de dólares (…) e ainda com o objetivo de continuar provendo hedge cambial e liquidez ao mercado de câmbio, o BC estenderá, a partir de 1º de julho de 2014, o programa de leilões de swap cambial”, disse o BC em comunicado.

Leia também:

Governo zera IOF para empréstimos superiores a 180 dias

Copom admite pressão inflacionária, mas insiste que preços vão cair

Em maio, saída de dólares supera a entrada em US$ 813 mi

A autoridade monetária, contudo, não forneceu detalhes sobre o programa, como prazos, montantes das operações e extensão. Isso será comunicado ao mercado oportunamente, segundo a autoridade monetária.

O programa de intervenção do BC no mercado de câmbio foi anunciado em agosto de 2013 em meio à forte alta da moeda estrangeira frente ao real. À época, o dólar chegou a bater 2,45 reais diante da expectativa de fim dos estímulos do Federal Reserve (Fed, o BC norte-americano). Essa é a segunda vez que o BC brasileiro anuncia a prorrogação do programa, semelhante ao que fez no final de 2013.

Depois de ter se mantido abaixo do patamar de 2,30 reais por mais de um mês, o dólar apresentou a maior alta em quase seis meses esta semana, chegando a encostar 2,28 reais. A movimentação acendeu um novo sinal de alerta do BC.

(com agência Reuters)