Clique e assine com 88% de desconto

Bancos públicos vão elaborar modelos para concessões em infraestrutura

Cúpulas da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, e BNDES se reuniram com a presidente Dilma Rousseff neste fim de semana para traçar planos para o setor

Por Da Redação - 27 abr 2015, 11h54

A Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vão elaborar estudos para modelos de projetos de financiamento das obras de infraestrutura a serem concedidas pelo governo federal, informou reportagem divulgada pelo jornal Valor Econômico nesta segunda-feira. A presidente Dilma Rousseff se reuniu neste fim de semana com treze ministros e o alto escalão dos bancos públicos para tratar do assunto. Uma fonte do Planalto explicou que “as três instituições financeiras têm expertises em diferentes áreas, o que pode ajudar em cada tipo de projeto a ser concedido”.

O governo federal prepara uma agenda positiva às vésperas de anunciar as impopulares medidas de ajuste fiscal. Nas reuniões, cada ministro foi incumbido de apresentar projetos e investimentos à presidente. A presidente da Caixa, Miriam Belchior; o presidende do BB, Alexandre Abreu; e o vice-presidente do BNDES, Wagner Bittencourt, foram presença constante nas audiências que aconteceram ao longo de todo o sábado no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidente.

Participaram das discussões os ministros Joaquim Levy (Economia), Nelson Barbosa (Planejamento), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Eduardo Braga (Minas e Energia), Antônio Carlos Rodrigues (Transporte), Gilberto Occhi (Integração), Eliseu Padilha (Aviação), Edinho Araújo (Portos), Gilberto Kassab (Cidades), Ricardo Berzoini (Comunicações), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Katia Abreu (Agricultura) e Edinho Silva (Comunicação Social).

O programa de concessões deve ser anunciado em maio. Entre os projetos em estágio mais avançado estão a concessão de quatro lotes de rodovias, três aeroportos (Salvador, Florianópolis e Porto Alegre) e obras na bacia do Rio São Francisco.

Publicidade

Leia mais:

Desembolsos do BNDES em 2015 devem recuar 9,5%, para R$ 170 bi

Governo quer fazer novas concessões de infraestrutura até fim do ano

(Da redação)

Publicidade