Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alexandre Abreu deve assumir a presidência do BNDES

Vice-presidente de Varejo do Banco do Brasil deve substituir Luciano Coutinho

Com o aval da presidente Dilma Rousseff, o atual vice-presidente de Varejo do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, deve assumir a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no lugar do economista Luciano Coutinho.

Os últimos acertos para a troca estavam sendo costurados antes da cerimônia de posse de Joaquim Barbosa no Ministério da Fazenda. No desenho deste pacote de alterações na administração dos bancos públicos, Paulo Rogério Caffarelli comandará o Banco do Brasil. Ele finalizou a gestão de Guido Mantega como secretário-executivo no Ministério da Fazenda. Caffarelli é funcionário de carreira do banco, de onde saiu para a Fazenda após chegar a vice-presidente de Atacado, Negócios Internacionais e Private Bank.

Leia também:

Levy toma posse e reafirma compromisso com a meta fiscal

Levy assume cargo com dívida de R$ 1,25 bi do setor elétrico a pagar

O comando da Caixa Econômica Federal, na última versão costurada internamente até agora, deverá ir mesmo para a ex-ministra do Planejamento Miriam Belchior. Após transmitir o cargo a Nelson Barbosa, ela foi para uma praia descansar por uns dias e deve voltar na próxima semana.

A disputa pela Caixa, aliás, está bastante quente. Nos bastidores do governo, informa-se que o atual presidente do banco estatal, Jorge Hereda, ainda briga para permanecer no comando. Hereda é ligado ao PT da Bahia, que ganhou reforço importante no governo federal com a presença do ex-governador Jaques Wagner no Ministério da Defesa.

(Com Estadão Conteúdo)