Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ajustes fiscais afetarão emprego, diz OIT

Medidas de ajuste devem prejudicar milhões de famílias que enfrentam oportunidades de trabalho escassas em países em desenvolvimento

Por Da Redação 17 nov 2014, 10h07

A tendência mundial de ajuste fiscal representará um agravamento da crise do emprego e um aumento das desigualdades, segundo alerta um relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgado nesta segunda-feira. Em um estudo, a entidade destaca o exemplo da Europa, onde as medidas de consolidação fiscal “contribuíram para aumentar a pobreza e a exclusão social, que atualmente afeta 123 milhões de pessoas ou 24% da população da União Europeia (UE)”.

O relatório deixa claro que nos países em desenvolvimento que não estão investindo em proteção social, espera-se que as medidas de ajuste afetem negativamente milhões de famílias que enfrentam oportunidades de trabalho escassas e mal remuneradas. Além disso, a OIT considera que os cidadãos de países em desenvolvimento sofrerão com um aumento do preço dos alimentos e de combustíveis e com menos acesso aos serviços públicos.

Leia mais:

OIT: 3,2 milhões de pessoas ficarão sem emprego em 2014

O legado de Dilma retratado em oito gráficos

O estudo utiliza as projeções orçamentárias mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI) e analisa as políticas de proteção social entre 2010 e 2015. Segundo as projeções da instituição, espera-se que o alcance do ajuste do gasto público se intensifique significativamente no ano que vem, englobando 131 países em 2016.

As medidas de ajuste incluem a eliminação ou redução dos subsídios aos alimentos e à energia; cortes ou restrições na despesa salarial; uma seleção mais limitada de distribuição da previdência social e reformas dos sistemas de previdência e de atendimento sanitária.

(Com agência Efe)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês