Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abradee: queda no preço de energia não levará a explosão do consumo

Segundo Nelson Fonseca Leite, no caso da indústria, a redução do preço de energia levará a um aumento de produção e a ganhos de mercado e competitividade

A redução do preço da energia elétrica anunciada nesta terça-feira pelo governo não levará a uma explosão do consumo de eletricidade, segundo o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Nelson Fonseca Leite.

“Há um fator de elasticidade do consumo. Se o preço sobe, (o consumo) não cai muito. Se o preço cai, o consumo também não sobe muito no residencial”, disse ele ao chegar ao Palácio do Planalto para a solenidade de anúncio da redução no preço da energia elétrica.

Leia mais:

Governo renovará concessões e anuncia queda de preços de energia

Dilma diz que concessões são decisivas para desatar nós

Dilma anuncia redução na conta de luz

Fiesp contestará prorrogação de concessão de energia

Com um olho no PIB e outro no mensalão, Dilma prepara mês dos pacotes

Contudo, Leite ponderou que, no caso da indústria, a redução do preço de energia levará a um aumento de produção e a ganhos de mercado pelo aumento da competitividade. Assim, de uma forma global, haverá algum aumento de consumo de energia elétrica, mas nada que chegue a causar riscos para o fornecimento.

Anúncio – O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anunciou nesta terça-feira a redução da tarifa de energia elétrica de 16% a 28% para residências, comércio e indústria. A queda na tarifa é resultado da renovação das concessões de energia a vencer a partir de 2015, da redução de encargos setoriais e do aporte pela União de 3,3 bilhões de reais.

(Com agência Reuters)