Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Privatização de Congonhas e Santos Dumont avança uma casa, diz governo

Leilão previsto para o primeiro semestre de 2022 inclui outros 14 aeroportos, mas mercado já vê com pessimismo disposição de Tarcísio em ano eleitoral

Por Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 19 nov 2021, 16h20 - Publicado em 19 nov 2021, 14h30

Previstas para o primeiro semestre de 2022, as privatizações de Congonhas, Santos Dumont e outros quatorze aeroportos deverão avançar mais uma casa até dezembro, afirma o governo. As concessões pretendem captar investimentos privados estimados em 8,8 bilhões de reais.

Com a audiência pública referente à 7ª rodada de concessões aeroportuárias realizada em 22 de outubro, a Anac e o Ministério da Infraestrutura dizem estar empenhados em responder por escrito todas as contribuições recebidas durante o mês de novembro.

Uma vez encerrada essa fase, o processo poderá ser encaminhado para análise do Tribunal de Contas da União — a expectativa da pasta é que isso ocorra ainda em dezembro. Nesse cronograma, o edital está previsto para ser lançado no início de 2022 e, o leilão, realizado ainda no primeiro semestre do próximo ano.

Os ânimos do mercado, por outro lado, não estão nem de longe tão otimistas. Como mostra a edição de VEJA que está nas bancas, o setor já duvida de Tarcísio conseguir fazer grandes licitações em ano de campanha eleitoral. O ministro é o sonho de ouro de Bolsonaro na disputa ao governo de São Paulo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.