Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Compra parcelada no varejo cresce entre brasileiros no primeiro semestre

Impulsionadas por classes C e D, aquisições via crediário tiveram alta de 142%, movimentando R$ 144 milhões

Por Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
18 ago 2021, 16h30

Os brasileiros têm ido às compras e, sem dinheiro para pagar à vista, — ou com a renda mensal já comprometida com outras despesas — o parcelamento via crediário tem sido a alternativa da vez.

Dados do Meu Crediário mostram que as compras divididas em várias prestações em grandes varejistas tiveram alta de 142,5% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado. O valor financiado ficou em 144,2 milhões de reais, contra 59,4 milhões em 2020.

Os contratos firmados entre lojistas e clientes tiveram aumento de 133,5% — nos seis primeiros meses do ano passado foram 174.953 concessões de crédito, enquanto neste ano o número é de 408.611.

O ticket médio das compras realizadas pelos consumidores nessa modalidade também subiu no período, passando de 340 reais para 353 reais, um aumento de 3,82%.

“As compras no crediário ainda são muito utilizadas principalmente pelas classes C e D. O aumento no valor financiado, no ticket médio e de contratos, mostra que a modalidade é fundamental para a sustentação do setor, uma vez que o crediário representa hoje 40% do faturamento dos lojistas, em média”, afirma Jeison Schneider, CEO do Meu Crediário.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.